Aparelho depois dos 30: vale ou não a pena?

4 minutos para ler

É comum muitos pacientes ficarem resistentes ao fato de terem que usar aparelho depois dos 30 anos. Os motivos são variáveis, mas o principal deles é a estética, pois muitos adultos não gostam da ideia de exibir um sorriso metálico. Mesmo no caso de aparelhos de porcelana, o visual ainda incomoda.

A falta de tempo é outro fator, pois pessoas nessa faixa etária podem encontrar dificuldade em ir ao consultório todo mês para fazer a manutenção do aparelho. O medo de dentista é outro problema que impede muitos pacientes de usarem o aparelho depois dos 30.

No entanto, ter um sorriso bonito e bem alinhado vai além da estética e, em muitos casos, é necessário que o paciente faça o tratamento ortodôntico depois dos 30, 40 ou 50 anos. Veja por quê!

Por que usar aparelho depois dos 30?

Ter um sorriso bonito é essencial para a autoestima e a qualidade de vida. Além disso, dentes tortos contribuem para o aparecimento de cáries e doenças nas gengivas. Dores de cabeça, má digestão e dores nas articulações também estão relacionadas ao desalinhamento dentário.

Retração gengival, desgaste nos dentes, quebras de restaurações e de dentes também podem ser causados pela falta de tratamento ortodôntico. Nesses casos, o paciente terá que fazer outros procedimentos, como colocar facetas de porcelana, lentes de contato ou fazer implantes.

Por isso, quem tem problemas de oclusão deve usar aparelho, mesmo que já tenha passado dos 30 anos, pois os cuidados com a saúde bucal são essenciais em todas as etapas da vida.

Qual a diferença de usar aparelho na adolescência e depois dos 30?

Pacientes com mais de 30 anos já não têm crescimento ósseo, como crianças e adolescentes. Por isso, o tratamento ortodôntico deve ser mais localizado, quando a pessoa já é adulta. Mas, ao contrário do que muitos pensam, o tempo de uso do aparelho em indivíduos mais velhos não é maior do que em crianças e adolescentes.

Na realidade, isso depende da experiência do profissional, da complexidade do caso e das condições de movimentação. O desconforto também não é maior quando a pessoa usa aparelho depois dos 30 anos.

Quais os melhores modelos de aparelho para pacientes acima dos 30 anos?

Não há um tipo específico de aparelho para pacientes de determinada idade. Mas, se o indivíduo não se sente à vontade para usar o modelo fixo metálico, pode escolher entre outras diversas opções. Atualmente, a ortodontia conta com aparelhos modernos e estéticos, como os de porcelana e safira.

Quiz Invisalign

Apesar de esses modelos serem fixos, eles são bem mais discretos e, para quem não gosta do visual metálico, são uma boa opção. Além disso, temos o Invisalign®, que é um aparelho diferente de todos que existem no mercado.

O Invisalign® é um aparelho móvel e, por isso, bastante confortável. Ele é a ferramenta para os bons ortodontistas corrigirem, dentro do indicado, desde problemas simples de desalinhamento dentário até casos mais complexos.

Apesar de o Invisalign® ser ideal para quem precisa usar aparelho depois dos 30 anos, o tratamento com essa técnica só pode ser realizado por profissionais devidamente capacitados. Na Odonto Condé, você encontra o único professor, simultaneamente, da Invisalign, Itero, Team1 e Propel do Brasil. Tudo para lhe dar a maior segurança possível em Invisalign®.

Gostou do post e quer mais informações sobre o Invisalign® ou sobre o tratamento ortodôntico depois dos 30? Entre em contato conosco e converse com nossa equipe de atendimento!

Att,

Odonto Condé / Condé Invisalign 

Doctor CROGO/EPAO 1587, RTCD 

Dr. Alberto dos R Condé Jr 

CROGO6411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?