As consequências de negligenciar uma infecção do dente

4 minutos para ler

Nossa boca é habitada por inúmeras bactérias que não são visíveis a olho nu. Na grande maioria das vezes, essas bactérias são importantes para o processo de digestão dos alimentos, contudo, outras são malígnas e podem ser responsáveis por infecção do dente.

Essas infecções são mais comuns do que se imagina e precisam ser tratadas para que o paciente não corra riscos. Neste post, vamos explicar quais as consequências de negligenciar uma infecção e como se prevenir para não sofrer com o problema. Confira!

Quais são as consequências de negligenciar uma infecção do dente?

As infecções dentárias podem ter várias causas, como tratamentos de canais, gengivites, cáries e problemas periodontais. Quando negligenciadas, elas podem evoluir para sangramentos, feridas recorrentes e abscessos, ou seja, a polpa do dente sofre um processo de necrose e há formação de pus dentro do canal.  

A doença provoca dor aguda, inflamação, febre, mal-estar e, quando não tratada adequadamente, pode desencadear problemas ainda mais sérios e afetar outros órgãos do corpo, por exemplo, o coração e o cérebro.

Desenvolvimento de doenças coronárias

Você sabia que as cáries, se não tratadas, podem até mesmo desenvolver problemas cardíacos? Isso acontece porque a infecção do nervo do dente, possibilita que as bactérias entrem na corrente sanguínea e se espalhem pelo corpo.

Uma vez dentro do organismo, as bactérias são transportadas pelo sangue e podem se alojar em diversos órgãos, como o coração, causando problemas sérios nesse músculo.

Essa doença é conhecida como endocardite e tem inúmeras consequências como broncopneumonia, insuficiência cardíaca e infecção generalizada, podendo levar até mesmo ao óbito. Pacientes que já apresentam problemas cardíacos estão mais vulneráveis à doença.

Quiz Invisalign

Desenvolvimento de infecções cerebrais

Quando a infecção está nos dentes de cima, é possível, também, que as bactérias se espalhem pelos seios da face, provocando sinusites e evoluindo para infecções intracranianas. As infecções no cérebro são mais raras, contudo, são possíveis de ocorrer. Entre seus sintomas estão febre, mal-estar, agitação, dores de cabeça intensas e latejantes, paralisação de partes do corpo e confusão mental.

Como prevenir uma infecção nos dentes?

A melhor forma de manter seu corpo saudável e não correr riscos é por meio da prevenção e cuidados com a saúde bucal. Lembre-se sempre que a sua saúde começa pela boca. A seguir, separamos algumas dicas para garantir o seu bem-estar. 

Mantenha uma boa higiene bucal

O melhor conselho para que você fique livre de infecções é manter uma boa higiene bucal. Escove os dentes ao menos três vezes ao dia, prestando atenção em toda a sua superfície e na base, próximo à gengiva. Assim, você garante a eliminação de todos os restos de alimentos.

Use complementos para a limpeza dos dentes

Somente a escova e o creme dental não dão conta de realizar toda a limpeza que sua boca precisa. Dois grandes aliados, nesse caso, são o fio dental e o enxaguante bucal. Enquanto o fio dental garante a limpeza dos lugares onde a escova não consegue acessar, o enxaguante auxilia na redução das placas bacterianas.

Visite um profissional regularmente

Para evitar que as infecções se tornem um quadro grave, além dos procedimentos de assepsia, é preciso também que o paciente visite um dentista regularmente. No caso de tratamentos de canal, o paciente deve retornar ao consultório com periodicidade para se assegurar de que a restauração foi bem finalizada e não há problemas.

Ao sentir dores agudas ou inflamações nos dentes, procure um profissional o quanto antes e relate os sintomas. Uma infecção do dente diagnosticada rapidamente é de fácil tratamento. Contudo, quando negligenciadas, podem evoluir para diversos problemas mais graves.

Quais são os seus hábitos de higiene bucal? Conte para nós nos comentários!

Att.,

Condé Invisalign Doctor/Odonto Condé CROGO/EPAO 1587, RTCD Dr. Alberto dos R Condé Jr CROGO6411.

 
Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?