6 hábitos que provocam atraso no tratamento ortodôntico!

3 minutos para ler

Ao iniciar seu tratamento ortodôntico, o dentista já esquematiza e planeja todo o processo para conquistar, dentro do possível e indicado, o melhor resultado final possível. No entanto, alguns maus hábitos podem criar obstáculos nesse percurso, atrasando o tratamento e até mesmo invalidando tudo o que já foi feito.

Para aumentar as chances de sucesso, portanto, é fundamental seguir as recomendações profissionais e evitar algumas atitudes que possam causar atraso no tratamento ortodôntico. Você sabe quais são elas? No post a seguir, listamos os principais problemas que podem afetar o tempo de uso do aparelho.

1. Não se preocupar com a higiene bucal

Quem utiliza aparelho fixo precisa de ainda mais cuidados com a higiene bucal. Isso porque o acúmulo de placas bacterianas pode resultar em inflamações, gengivites e cáries. Caso um desses problemas aconteça, será necessário interromper o tratamento ortodôntico até que a saúde bucal seja restabelecida.

2. Não utilizar o aparelho da forma correta

Ignorar as recomendações de seu dentista também pode fazer com que o tratamento dure mais do que o esperado. No caso do aparelho fixo, a escolha de alimentos errados e as constantes quebras nos braquetes, por exemplo, são alguns dos principais problemas relatados pelos profissionais. Já para pacientes que utilizam o Invisalign®, o maior desafio é quando o aparelho não é utilizado pela quantidade de horas necessárias.

3. Não usar os elásticos intermaxilares

Outra falha do paciente que pode interferir no tempo do tratamento é negligenciar o uso dos elásticos intermaxilares. Apesar de incômodos, esses acessórios são muito importantes para o sucesso do tratamento e devem ser colocados da forma correta. O uso incorreto de algum dos elásticos pode resultar em movimentações indesejáveis nos dentes, atrapalhando todo o andamento do processo.

4. Roer unhas e mastigar objetos

Esse mau hábito também pode influenciar o tempo do tratamento ortodôntico. Além do risco de quebrar peças do aparelho, roer as unhas ou mastigar objetos também exige mais da musculatura da boca e dos dentes. 

Quiz Invisalign

5. Faltar às consultas de manutenção

As consultas de manutenção do aparelho fixo e de revisão do Invisalign® são muito importantes para que o profissional possa avaliar o progresso do tratamento e ativar novamente o aparelho para que ele faça as movimentações necessárias. Por isso, é fundamental manter um compromisso e não deixar de comparecer. Uma consulta perdida pode significar um atraso de até um mês no tratamento. 

6. Escolher um profissional ruim

Por fim, o MAIOR motivo de atraso no tratamento ortodôntico é culpa de quem contratou o profissional errado. É preciso que o dentista apresente todo o planejamento do tratamento logo no início, informando prazos e garantias de meio em contrato. No entanto, é importante ter em mente que podem ocorrer alguns desvios no trajeto, principalmente, caso o paciente não siga as recomendações do tratamento.

O tratamento ortodôntico é um processo realizado por etapas, em que é preciso muita colaboração do paciente. Evitando alguns hábitos negativos e relatando ao seu dentista todos os problemas ou dificuldades, fica mais fácil passar por ele sem atrasos e conquistar o tão desejado resultado final.

Agora que você já sabe quais fatores podem causar o atraso no tratamento ortodôntico, que tal curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todos os nossos novos conteúdos? Contamos com você!

Dr. Alberto dos R Condé Jr 

Speaker Invisalign®, Itero®, Team1® & Propel®. Condé Invisalign Doctor CROGO6411/EPAO 1587, RTCD

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?