Carvão ativado para clarear os dentes: os riscos por trás dessa propaganda

4 minutos para ler

Um sorriso branco e brilhante é o sonho de consumo de praticamente todo mundo. Mas, para alcançá-lo, muita gente recorre a técnicas caseiras que podem comprometer sua saúde bucal. Neste post, vamos falar um pouco mais sobre o uso de carvão ativado para clarear os dentes e porque você deve fugir dessa alternativa.

Muito tem se falado sobre o uso de carvão ativado para o clareamento dos dentes. A técnica repercutiu após ser amplamente divulgada na internet e consiste em realizar a escovação duas vezes ao dia utilizando um produto em pó à base de carvão, argila e óleo, facilmente encontrado em lojas online.

A ideia parece ótima, contudo os especialistas apontam os diversos riscos desse tipo de clareamento caseiro. A seguir, vamos listar alguns dos motivos pelo qual você deve evitar o uso de carvão ativado nos dentes.

Não existe comprovação científica de uma possível eficácia

Esse já é um motivo importantíssimo para questionar o uso da substância nos dentes. Não existem protocolos na literatura de odontologia que sustentem o uso do carvão ativado nos dentes. Ou seja, não existem estudos comprovando que o efeito de “pseudo” clareamento seja sem danificar os dentes.

Além disso, não há testes ou estudos que comprovem que a técnica realmente funciona e seja segura para a saúde bucal. De acordo com a Associação Brasileira de Odontologia, o uso de métodos caseiros como o carvão ativado deve ser desencorajado e não tem eficácia.

Carvão ativado para clarear os dentes desgasta a superfície deles

Muitas vezes, nossos dentes podem sofrer alterações de cores devido a placas bacterianas ou alimentos que podem causar pigmentação como café e chocolate. Nesses casos, o método de clareamento com carvão apresentará um resultado, isso porque, o produto remove tudo o que está mais superficial no esmalte do dente por meio do desgaste.

Quiz Invisalign

Contudo, a técnica é agressiva. Pelo fato da substância ser extremamente abrasiva, o carvão mineral desgasta a superfície dos dentes e pode gerar danos irreparáveis ao esmalte. Pior ainda quando se fala de um uso frequente.

O esmalte dos seus dentes pode ficar comprometido

É preciso muita cautela com produtos que causem desgaste no esmalte dos dentes, pois o processo é irreversível. Ao contrário de um corte de cabelo mal planejado, o dano causado aos dentes não tem volta. O esmalte não “nasce de novo” e ficará comprometido definitivamente.

Além disso, o método também pode levar ao surgimento de sensibilidade e dores, causando muito incomodo e transtornos para o paciente.

Restaurações estéticas podem sofrer com a pigmentação

Quem tem restaurações nos dentes deve ficar ainda mais atento a métodos caseiros de clareamento. Ao entrar em contato com a restauração, o carvão ativado pode causar uma pigmentação indesejada que comprometerá a estética do sorriso.

É comum que métodos caseiros como o carvão ativado para clarear os dentes viralizem na internet, isso porque muitas pessoas querem conquistar o sorriso dos sonhos de forma milagrosa. É importante ter consciência de que não existem soluções mágicas! A forma mais eficaz de tornar seus dentes brancos e brilhantes é realizando o clareamento com produtos corretos e com um profissional da saúde bucal.

Quer saber mais sobre o assunto, confira nosso post e descubra se o clareamento dental é ou não um procedimento doloroso.

Att.,
CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.
CRO-GO 6.411
Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?