Conheça os sintomas bucais de algumas doenças bucais

4 minutos para ler

Quando a gente pensa em problemas bucais, logo vem à mente a dor de dente causada pela cárie, certo? Todavia, existe uma série de doenças no organismo que podem dar as caras com alguns sinais na cavidade oral.

Por isso tanto na rotina de higiene bucal como nas visitas regulares ao dentista é importante avaliar a condição dos dentes, gengivas, língua e bochechas para checar se estão saudáveis.  

Neste post, elencamos alguns sinais que aparecem na boca e que podem indicar algumas doenças. Acompanhe!

Gengivas sensíveis

As gengivas podem apresentar sangramento por diversas razões. Dentre elas, ao colocar muita força na hora da limpeza bucal ou utilizar uma escova com cerdas mais duras. Pode ser sinal também de gengivite, uma inflamação causada geralmente quando a pessoa descuida da correta higienização e não utiliza o fio dental.

Entretanto, é preciso ficar em alerta com o sangramento nesse tecido, pois pode indicar também:

  • leucemia — câncer nas células do sangue. Um sintoma dessa doença pode ser gengivas mais sensíveis e com sangramentos espontâneos;
  • diabetes — o alto índice de glicose no sangue deixa as gengivas mais vulneráveis ao acúmulo de bactérias, o que pode causar inchaços e inflamações;
  • AIDS — um dos sintomas dessa doença é a inflamação nas gengivas.
  • Doenças endócrinas – aumentam o sangramento das gengivas e precisam ser pesquisadas pelos médicos.

Mudanças na língua

A característica natural da língua é ser áspera e brilhante. Porém, ela pode mudar esse aspecto e ficar lisa, além de provocar a sensação de ardência, que são indícios de algum tipo de anemia. Essa condição indica problemas nos glóbulos vermelhos e se junta a outros sintomas, como fraqueza, tonturas e palidez.

Outro sinal que pode aparecer na língua são linhas brancas nas laterais, também um dos sintomas da AIDS.

Mau hálito

O mau hálito — um dos problemas bucais que é motivo de vergonha para muita gente e interfere nas relações sociais — é, na sua GRANDE maioria dos casos, causada por sujeiras na língua, gengiva e falhas no uso correto do fio dental, mas, em casos raros, pode ser indício de refluxo gastroesofágico frequente. Isso é um sinal de que a digestão não é realizada da forma como deveria e gera um cheiro desagradável na boca.

Quiz Invisalign

O refluxo pode causar, ainda, erosão e desgastar os dentes por conta dos sucos gástricos que voltam para a cavidade oral. Além disso, esse desgaste no esmalte dentário pode levar a um quadro de sensibilidade, cáries e até a perda dentária lentamente.

O mau hálito pode ser um sinal também de diabetes, em virtude do descontrole dos níveis de açúcar no sangue.

Feridas

Apresentar feridas na boca — como as aftas — é um problema bastante comum. Pode ter diferentes causas, como morder a boca ao mastigar algum alimento ou alterações hormonais. O normal é que essas lesões doloridas se cicatrizem em, no máximo, duas semanas.

Contudo, quando as feridas não cicatrizam, podem indicar algumas enfermidades, como:

  • câncer bucal — cujos sintomas incluem verrugas e lesões bucais que não vão embora após os 14 dias;
  • sífilis — doença sexualmente transmissível (DST) que pode causar feridas e placas vermelhas na cavidade oral;
  • lúpus eritematoso sistêmico — doença autoimune que pode se manifestar com lesões bucais que não saram.

Viu só como é importante prestar atenção aos problemas bucais, principalmente quando não cicatrizam ou incomodam bastante? A cavidade oral pode apresentar sinais de doenças graves, então não deixe de visitar o dentista periodicamente para fazer essa avaliação e colocar a saúde em primeiro lugar.

Neste post, mostramos que a saúde do nosso corpo começa pela boca. Veja também a relação entre saúde bucal e doenças do coração!

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411 

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?