Dente trincado: conheça as principais causas do problema

4 minutos para ler

Ter o dente trincado é uma situação que causa calafrios só de imaginar, não é mesmo? Esse problema é caracterizado pelo aparecimento de rachaduras ou fendas nos dentes, podendo ser ocasionado por acidentes, pelo bruxismo ou pela mordida em objetos e comidas muito duras ou até pela oclusão torta.

Os principais sinais são as dores e a hipersensibilidade. No entanto, as micro-rachaduras são mais difíceis somente são detectadas com a ajuda de aparelhos específicos e mediante exame bucal. Como o dente não se regenera sozinho, é preciso que tenha cuidados para que isso não ocorra e, caso aconteça, é imprescindível procurar por um dentista de confiança quanto antes.

Afinal, um dente trincado pode levar a sérias complicações, como desconfortos, dificuldade na alimentação, inflamação na gengiva, entre outros. Por isso, confira algumas dicas para que você possa se prevenir desse tipo de ocorrência!

Faça a avaliação da mordida e evite o dente trincado

A nossa primeira e mais importante orientação para que evite ter um dente trincado, é ter uma mordida saudável, isto é, uma oclusão com contatos distibuídos de forma homogênea em todos os 28 dentes da boca para evitar a sobrecarga que predispõe a retrações gengivais e micro-fraturas. Quando a mordida está torta e sobrecarrega algum dente ele vai ter uma pré-disposição maior do que os outros para ter problemas. Relembrando que quem precisa de aparelho mas, tem alguma objeção ao uso do fixo, conheça o sistema Invisalign e a importância de um profissional da área em um consultório de sua confiança.

Apesar de não poder prevenir em 100% esse tipo de problema, vamos aos demais cuidados que vão diminuir a sua incidência. 

Evite roer unhas e morder objetos

Muitas vezes, por distração, acabamos mordendo aquela ponta de caneta, do lápis, as tampas ou outros objetos. Entretanto, esse hábito, que parece ser inofensivo, pode enfraquecer a estrutura dos seus dentes, o que acaba facilitando as rachaduras, fendas e trincas.

Quiz Invisalign

Sem mencionar os alimentos de aspecto muito duro, como torresmo, balas e gelo, que também seguem a mesma ideia, já que não só podem causar o dente trincado, como quebrá-lo em sua totalidade.

O costume de roer as unhas também deve ser extinto, pois, além das bactérias que se proliferam nessa região e causam infecções, é outro hábito que enfraquece os seus dentes. Ah! E nunca se esqueça: os dentes não foram feitos para abrir tampas e potes, combinado?

Descubra se tem bruxismo

O bruxismo é o ato de ranger os dentes, principalmente quando você está dormindo. Com isso, é posta uma força excessiva sobre os seus dentes, gerando dores na mandíbula e na cabeça, enfraquecimento e trincas.

Portanto, se você não sabe se sofre dessa desordem funcional, observe se acorda com dores e se a sua mandíbula amanhece rígida. Em todos os casos, procure o dentista, pois, além do dente trincado, essa condição pode causar complicações, como:

Como percebido, o dente trincado é um problema que pode ser evitado com acompanhamento profissional periódico e a extinção de hábitos prejudiciais, como o de morder objetos. Portanto, fique atento, pois, ao menor sinal de rachaduras, é preciso procurar um dentista, a fim de evitar a evolução do problema e buscar o melhor tratamento.

Agora que já sabe como evitar trincas e rachaduras nos dentes, aproveite para conferir os tratamentos mais indicados para os dentes quebrados.

Odonto Condé / Condé Invisalign 
Doctor CROGO/EPAO 1587, RTCD 
Dr. Alberto dos R Condé Jr 
CROGO6411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?