Descubra mitos e verdades quando o assunto é o mau hálito!

4 minutos para ler

Para saber como evitar mau hálito antes de tudo você precisa entender ao certo o que é mito e o que é verdade a respeito desse assunto. Afinal, as causas desse problema são variadas, e as formas de tratá-lo também.

Por isso, preparamos este post explicando o que é o mau hálito e o que pode ocasioná-lo. Além disso, listamos alguns fatos mostrando o que é verdadeiro e o que é falso para você saber como cuidar da sua saúde bucal do jeito certo. Acompanhe!

O mau hálito

O mau hálito, ou halitose, é caracterizado por alterações no odor da boca. Esse problema pode ser transitório ou crônico, classificação que recebe em função das suas causas, que variam entre diversos fatores, como:

  • ingestão de alimentos com odor forte;
  • higienização bucal inadequada ou insuficiente;
  • inflamações e infecções bucais;
  • acúmulo de placa bacteriana nos dentes ou na língua;
  • consumo de bebidas alcoólicas;
  • tabagismo;
  • algumas doenças, como diabetes e insuficiência renal;
  • infecções pulmonares ou otorrinolaringológicas;
  • problemas estomacais;
  • desidratação das mucosas orais.

O mau hálito somente é considerado normal quando acontece pela manhã. Afinal, suas causas são de origens naturais, sendo que ocorre devido às funções orgânicas desempenhadas durante a noite.

Quando o cheiro ruim persiste ao longo do dia é essencial descobrir a sua causa e tratá-lo.

Assim, saber como evitar mau hálito é fundamental para eliminar seus possíveis fatores. Contudo, isso não exclui a necessidade de procurar um dentista para ele avaliar o seu caso e ajudar a identificar o que está provocando a halitose.

Os mitos e verdades sobre o mau hálito

A seguir, listamos alguns mitos e verdades sobre esse problema para que você saiba como cuidar da sua saúde bucal.

O enxaguante bucal substitui a escovação

MITO. Somente a escovação elimina os resíduos de alimentos que formam a placa bacteriana e provocam o odor ruim. Não há como evitar mau hálito apenas enxaguando a boca com um antisséptico. Desse modo, ele pode melhorar o hálito momentaneamente, mas não faz a limpeza da boca.

Mudanças hormonais provocam mau hálito

VERDADE. O mau hálito está relacionado às alterações que os hormônios provocam no equilíbrio bucal. São complicações, como na produção de saliva, que favorecem o acúmulo de placa bacteriana que, por sua vez, interfere no odor do hálito.

Quiz Invisalign

Beber pouca água pode dar mau hálito

VERDADE. A produção de saliva é fundamental para manter o pH da boca e fazer uma limpeza natural nos dentes. Quando bebemos pouca água ao longo do dia ocorre uma desidratação das mucosas e isso ajuda na proliferação das bactérias.

A xerostomia (boca seca) também se encaixa aqui e deve ser combatida, seja aumentando a hidratação orgânica, utilizando repositores de saliva ou eliminando os fatores que estejam provocando essa secura, como alguns medicamentos.

Mascar chicletes combate o odor ruim

MITO. Mascar chicletes oferece uma falsa sensação de que o odor da boca melhorou, porém, esse produto não combate a causa da halitose. O único ponto positivo de alguns chicletes sem açúcar é que estimulam a salivação se o organismo estiver hidratado.

Só tem mau hálito quem não escova os dentes

MITO. Como dito, a má higienização dos dentes e da boca é apenas uma das causas do mau hálito. Por isso, não é correto dizermos que todas as pessoas que sofrem com o problema não escovam bem os seus dentes, bochecha e língua..

O odor ruim na boca pode ser um grande empecilho para a socialização e a interação com outras pessoas. Trata-se de uma situação desagradável que precisa ser revertida, a fim de não interferir na vida profissional e pessoal.

Saber como evitar mau hálito é fundamental, mas não se esqueça de que você precisa procurar pela ajuda de um bom dentista para que ele possa identificar as causas do problema, já que elas podem ser muito mais profundas e exigir intervenções profissionais.

E para saber como cuidar bem da sua saúde bucal, leia este outro artigo que traz algumas dicas para você manter os seus dentes bonitos e saudáveis.

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?