Desgaste dentário: principais causas e tratamentos

5 minutos para ler

Com o passar do tempo, é comum o surgimento de alguns problemas de saúde, principalmente em quem não percebe que está com a mordida errada.Dessa forma, é importante estar atenta. O desgaste dentário é um ótimo exemplo e, sem remover as causas, pode evoluir e destruir os dentes em qualquer fase da vida.

Com a mordida torta, ainda que ligeiramente, temos contatos prematuros, isto é, toques indesejados ou as chamadas “interferências oclusais”. Seja como for, é preciso saber como evitar a manifestação desse mal e as melhores formas de tratá-lo —  antes que ele gere complicações resultantes até mesmo na perda dentária. Para saber mais sobre o assunto, continue a leitura!

O que é o desgaste dentário?

Esse processo de deterioração é considerado previsível, mas, jamais deve ser aceito pelo paciente. Jamais confunda o atrito causado pela mastigação ao longo dos anos com a doença de quando atinge a destruição parcial dos dentes e pode afetar a posição da gengiva, expor a raiz dos dentes, causar dor e hipersensibilidade, sem contar com o efeito anti-estético. 

O desgaste pode ser de diferentes tipos, de acordo com o agente causador da enfermidade. Para cada um dos casos, é aconselhado um tipo de tratamento específico para devolver a funcionalidade e harmonia do sorriso.

Quais são os tipos e as causas de cada um?

Diversos fatores podem levar a esse quadro, como o tipo de alimentação, problemas oclusais e ações mecânicas, como uma escovação muito forte. De acordo com a origem por trás do distúrbio e o aspecto físico do desgaste, ele pode ser classificado das seguintes formas:

Atrição/Abrasão 

Ocorre devido ao atrito entre os dentes superiores e inferiores, durante a mastigação e a oclusão. Embora certo nível de atrição seja considerado normal, em casos mais graves pode levar a uma considerável perda óssea e até dentária. Esse quadro compromete a atividade dos dentes e leva a grande incômodo visual e, nos casos mais graves, pode destruir quase a totalidade da coroa dos dentes e a reabilitação pode custar muito dinheiro. Outro exemplo é a perda da estrutura dentária devido à ação física de algum elemento externo, como a escovação intensa e o uso de pasta abrasiva. Também podem ser causados por hábitos como roer unha, mascar tabaco, colocar lápis e canetas na boca 

Erosão

Também conhecido como corrosão, esse fenômeno é causado por um processo químico, podendo estar associado à presença de bactérias que danificam o esmalte dentário ou refluxo. Uma alimentação rica em ácidos, presentes em refrigerantes, sucos cítricos, vinagre, tomate etc, contribui para o surgimento do problema.

Quiz Invisalign

Além disso, também pode ter origem devido à exposição a secreções gástricas. Nesse caso, o desgaste dentário passa a ser chamado de perimólise.

Abfração

É causada pelo estresse oclusal acima do normal, isto é, as chamadas interferências oclusais devido a problemas na oclusão. Essa pressão errada produz rompimento dos cristais presentes no esmalte dentário, facilitando ainda o surgimento de erosão na área. Normalmente ocorre em apenas um dente e pode causar lesões subgengivais e retrair a gengiva, expondo a raiz e causando dor por hipersensibilidade dentinária.

Como tratar esse problema?

A melhor maneira de combater o desgaste dentário é a prevenção ou, se não tiver feito, o tratamento o mais cedo possível, antes das sequelas ficarem cada vez piores. Para isso, é essencial visitar o dentista regularmente para a correção de condições que favorecem o aparecimento desse distúrbio, como a má-oclusão. É possível identificar a deterioração ainda no início, antes que ela comprometa definitivamente a estrutura dos dentes.

Uma vez instalado o problema, somente o Dentista poderá verificar suas causas e qual a terapia mais adequada para corrigi-lo. O tratamento pode ser feito por meio da remoção da causa, seja do mal hábito, seja da posição errada dos dentes e, só depois, indicar a reabilitação do que foi destruído com de restaurações de resina composta, porcelana ou até mesmo com implantes, em situações de perda da estrutura dental. Mas, atenção, se o paciente precisa de tratamento ortodôntico mas, rejeita o uso do aparelho fixo, saiba mais sobre a alternativa do aparelho praticamente invisivel, confortável e removível Invisalign.

E aí, gostou de saber mais sobre o que é o desgaste dentário, como tratá-lo e evitá-lo? Comente abaixo a sua opinião a respeito do assunto! Ou, se quiser saber mais, envie um WhatsApp para (62) 9 84008882 ou no link direto https://api.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=5562984008882

 

Att, CD Dr, Alberto dos R Condé Jr. crogo6411

Invisalign Top Doctor Diamond & Speaker

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?