Entenda já as principais diferenças entre prótese com e sem implante

5 minutos para ler

A falta de dentes é um problema que afeta a funcionalidade das arcadas dentárias e prejudica até a estética do sorriso. Pode ser tratado por meio de duas técnicas, mas é preciso entender a diferença entre os tipos de próteses sobre implante e as próteses dentárias sem usar implantes para saber qual é a mais indicada.

Ambos os procedimentos são eficazes e promovem a reabilitação oral de quem sofreu a perda de dentes por qualquer motivo. No entanto, as diferenças que cada tratamento apresenta faz com que tenham indicações distintas.

Pensando nisso, preparamos este artigo para apresentar as características dos implantes e das próteses para que você os conheça melhor. Continue lendo e descubra qual dos dois atende aquilo que você precisa!

O que são o implante e as próteses?

Apesar de próteses sobre implantes e próteses sem uso dos implantes substituírem parte das funções dos dentes faltosos, esses recursos proporcionam tratamentos diferentes para perda dentária. Aliás, um procedimento é cirúrgico, por isso, requer um pouco mais de planejamento.

Estamos falando da colocação de implantes dentários. Esse tratamento consiste em instalar uma peça de metal que vai, apesar das limitações, simular uma raiz dentária artificial pela fixação de um pino (geralmente de titânio) no osso, exatamente no lugar onde se precisa substituir o dente.

Com essa técnica, repomos apenas um dente perdido, vários ou todos da arcada dentária superior ou inferior. Um fato interessante é que, quando indicado, o implante não fica visível, pois ele é posicionado abaixo da gengiva e serve como base para uma prótese, que fará a vez do dente natural.

As próteses, então, são basicamente o dente artificial. Eles podem ficar sobre o implante ou, sobre a raiz dos dentes ou mesmo sobre a mucosa do rebordo alveolar. Popularmente, são conhecidas como dentadura, quando substituem toda a dentição, e ponte, quando fazem a substituição de apenas alguns dentes. São encaixadas na cavidade bucal com o suporte das gengivas, céu da boca ou dentes adjacentes.

Qual é a diferença entre prótese sobre implante e prótese sem implante?

A principal diferença entre prótese sobre implante e prótese sem implante é o fato de que no primeiro caso confeccionamos uma raiz artificial que é sobreposta por uma coroa artificial “imitando”, dentro do indicado, a coroa do dente, isto é, aquela parte esbranquiçada do dente. No segundo, nos referimos justamente a esses dentes, que se apoiam em outros dentes ou até na gengiva. No entanto, apresentam outras características distintas. Veja.

Custo

O implante costuma ter um orçamento mais alto por se tratar de um procedimento cirúrgico. Sendo mais complexo do que as próteses.

Durabilidade

O implante em si (a raiz artificial) pode, a depender do paciente, material, indicação e cuidados, durar por toda a vida porque é envolvido pelo osso, não se solta da boca, nem sofre desgastes. Contudo, a coroa que vai sobre ele tem a mesma durabilidade das próteses, tempo que varia conforme o tipo de material utilizado e os cuidados do paciente para evitar danos.

Quiz InvisalignPowered by Rock Convert

Manutenção

As próteses, principalmente quando móveis, têm uma manutenção diferente porque podem ser higienizadas fora da boca. Entretanto, aquelas fixas e os implantes são escovados como os dentes naturais, e ambos os procedimentos devem ser acompanhados pelo dentista a cada seis meses, ou conforme sua indicação.

Tipos

Apesar da diferença entre implante e prótese, conforme explicamos, ambos os procedimentos substituem um dente perdido, vários ou todos. Afinal, cada um deles tem tipos que atendem necessidades distintas. Encontramos os implantes:

  • unitário: um implante para cada dente;
  • carga imediata: implante e coroa são fixados no mesmo dia;
  • 2 por 3: dois implantes para substituir três dentes;
  • protocolo: prótese fixa total sobre quatro a oito implantes;
  • overdenture: prótese móvel total sobre dois a seis implantes.

No caso das próteses sem ancoragem em implantes, estão disponíveis basicamente:

  • prótese parcial fixa ou móvel (ponte);
  • prótese total móvel (dentadura).

Como escolher entre um ou outro?

Os implantes apresentam resultados funcionais e estéticos superiores às próteses porque ficam totalmente fixos na boca, dando maior segurança para mastigar, sorrir e falar. As próteses são eficazes, mas têm o inconveniente de serem móveis e não terem o acabamento natural dos implantes.

Essa é uma característica que influencia na hora de escolher entre um ou outro tratamento. Contudo, também é importante que você avalie o investimento necessário e converse com um dentista qualificado.

Ele analisará seu caso considerando suas necessidades para indicar a melhor opção, aquela que atenderá ao que você precisa, alcançando os resultados que espera. Portanto, não basta apenas conhecer a diferença entre implante e prótese, pois é preciso escolher bem o profissional que fará seu tratamento para você ter o melhor suporte.

Uma das vantagens do implante é atender pacientes que perderam todos os dentes. Aprenda um pouco mais sobre as próteses overdenture e protocolo para descobrir como é feito esse tratamento.

Odonto Condé / Condé Invisalign

Doctor CROGO/EPAO 1587, RTCD

Dr. Alberto dos R Condé Jr

CROGO6411

Posts relacionados

Deixe uma resposta

× Gostaria de agendar uma consulta?