Dor na mandíbula? Descubra o que pode estar acontecendo!

4 minutos para ler

A mandíbula e a maxila e a região do ouvido são partes importantes do nosso corpo e qualquer incômodo nelas pode ser insuportável. Muitas vezes acompanhada de dor no ouvido, dor de cabeça e dificuldade ou dor ao mastigar, a dor na mandíbula pode ter diversas causas e sempre devemos identificar as causas ANTES de propor tratamentos.

Você tem esse problema ou conhece alguém que sofre com esse tipo de situação? Neste post, listamos as razões mais frequentes para que ela ocorra, com seus sintomas e tratamentos. Confira!

Bruxismo

O ranger de dentes durante a noite é algo que, muitas vezes, as pessoas não percebem que ocorre até alguém observar seu sono ou ter outros problemas, como dor nos dentes e na mandíbula. Além de ranger, apertar os dentes inconscientemente também é considerado bruxismo.

Os motivos que levam a esse distúrbio, em geral, são relacionados a estresse e irritabilidade. Portanto, para chegar a um tratamento eficiente, pode ser preciso fazer uma análise geral. Dependendo do que o profissional encontrar nos exames, vai te indicar ou não o uso das placas oclusais, toxinas nos músculos da mastigação, cuidar da saúde mental, evitar estimulantes antes de dormir e ter um ritual noturno de relaxamento são práticas que podem ajudar a controlar o bruxismo.

Desalinhamento

Quando a mandíbula está desalinhada, os músculos precisam trabalhar mais para manter uma posição confortável e mastigar os alimentos. As consequências podem incluir dor e desgaste dos dentes, além de, em alguns casos, dificuldade ao morder.

O tratamento vai depender do diagnóstico e da situação. Muitas vezes, é necessário correção da mordida com o tratamento ortodôntico. Mas, se há alguma objeção por parte do paciente, uma dica é conhecer a técnica praticamente invisível, removível, higiênica e confortável do aparelho invisível.

Infecção

Problemas como aftas, gengivite, osteomielite e até mesmo otite podem levar à dor na mandíbula. O incômodo, normalmente, é sentido somente em um lado ou ponto específico e a dor pode aparecer subitamente ou após algum trauma, indicando a infecção.

O tratamento deve ser recomendado por um médico e inclui o uso de antibióticos e anti-inflamatórios. Em casos muito graves, pode ser necessária cirurgia para retirar as partes infeccionadas. Por isso, é importante verificar a situação o quanto antes.

Quiz Invisalign

Abcesso dentário

Os abcessos surgem devido à falta de tratamento de uma cárie, doença na gengiva ou pericoronarite, alcançando os principais nervos e espalhando a infecção na mandíbula ou maxila. A dor, portanto, pode começar em somente um lado ou ponto específico do maxilar e, nesse caso, aumenta progressivamente.

O tratamento pode ser longo e inclui antibióticos, além de ser necessário passar por procedimentos para remover a infecção, a cárie ou até o próprio dente. Mas tudo isso pode ser evitado facilmente com consultas regulares ao dentista e uma boa higiene bucal.

DTM (disfunção temporomandibular)

Dificuldades para mastigar, abrir ou fechar a boca e dor ou incômodo podem indicar a DTM, que é um distúrbio causado por qualquer alteração na articulação que conecta o maxilar e o crânio. Podem estar envolvidos direta ou indiretamente os problemas sistêmicos tais como artrite, artrose ou locais trauma, desalinhamento da mordida, estresse, hiperatividade muscular, bruxismo, entre outros.

Como pode ter diversas origens, é recomendado consultar médicos, dentistas e fisioterapeutas para realizar o diagnóstico certeiro. O tratamento pode incluir uso de placas dentais para ajudar a aliviar os músculos, fisioterapia, correção da mandíbula com aparelhos ortodônticos, e até medicamentos específicos. Mas, repito, o diagnóstico deve vir SEMPRE antes de qualquer tratamento.

Para ajudar a aliviar e evitar a DTM, é importante ter bons hábitos de higiene bucal, uma rotina de relaxamento ao dormir e evitar atividades que sobrecarreguem os músculos da mandíbula, como mascar chiclete e roer unhas. Fazer massagens faciais e aplicar compressas mornas também pode ajudar a diminuir a dor.

Sentir incômodo e dor na mandíbula é algo que requer atenção. Procure sempre um dentista e médico para sondar os motivos e propor o que for indicado para seu caso. Jamais use “fórmulas” que deram certo para outras pessoas pois, a complexidade das causas é muito pessoal de paciente para paciente.

Para saber mais sobre dor na mandíbula e dificuldade para mastigar, leia também o nosso post completo sobre DTM!

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?