Entenda o que fazer quando o dente está com a raiz exposta!

4 minutos para ler

Os problemas ortodônticos e doenças bucais causam um grande incômodo estético e podem gerar quadros mais graves, que afetam a sua saúde. Um deles é a raiz exposta, uma condição causada principalmente pela mordida torta, situação comum em pacientes que apresentam interferências oclusais muito comuns em arcadas atrésicas, estreitas, com “dentes fechados” na parte de trás, conhecido como sorriso envelhecido.

Outras causas podem ser: escovação muito intensa ou inadequada e o biotipo gengival. A raiz exposta é caracterizada pela retração gengival, e isso pode causar malefícios como a exposição das terminações nervosas, dor, sensibilidade, cáries, retenção de placa bacteriana e perdas dentárias causadas por fraturas.

Além da higiene bucal, há alguns procedimentos e cuidados que o paciente deve tomar. Confira a seguir quais para que o quadro não se agrave.

Utilização de aparelhos ortodônticos

Como dissemos, a causa mais recorrente da raiz exposta são as mordidas tortas, cientificamente chamadas de interferências oclusais. Estas, por sua vez, ocasionadas pela incorreta posição dos dentes da parte de trás da sua boca, ou atresia maxilar transversal.

Portanto, o indicado é que estas condições sejam tratadas pela correção no formato da arcada dentária, de modo que sejam removidas as incorreções. E, para isso, é preciso fazer o uso de aparelhos, podendo ser o fixo ou invisalign, que é mais discreto, confortável e higiênico.

Aplicação de flúor

Além do uso de aparelhos, a aplicação de flúor é um dos procedimentos para tratar e aliviar os sintomas da raiz exposta. Este mineral é fundamental para a reposição do esmalte do seu dente, reduzindo as dores, sensibilidade e ainda protege contra as cáries.

O flúor é um elemento da natureza e encontrado na água, porém em quantidades muito baixas. Sendo assim, procure um dentista para que ele indique o melhor método, que pode ser por pastas dentais, antissépticos ou gel específico, que deve ser aplicado com indicação e técnica corretas.

Realização de uma alimentação adequada

Os nossos hábitos alimentares têm forte influência no nosso organismo e, consequentemente, na nossa saúde bucal. Em pacientes com raiz exposta, os alimentos ácidos, por exemplo, podem causar dores e corroer o esmalte. Com isso, forma-se um buraco que expõe o nervo.

Quiz Invisalign

Em razão disso, o recomendado é evitar alimentos muito ácidos e açucarados, mas, quando consumir, é indicado que beba água ou leite. Além disso, não escove os dentes logo após as refeições, sempre espere, em média, 20 minutos. Isso porque, ao se alimentar, a sua boca fica mais ácida e a escovação pode deixar o dente mais sensível.

Utilização de escovas específicas

A raiz exposta causa muitas dores e alta sensibilidade nos dentes. Portanto, as escovas comuns podem acabar machucando ou causar um grande desconforto. Para que não tenha esse problema, prefira usar escovas menores, bem macias e que limpem e higienizem delicadamente. Ah! E não precisa colocar força na escova, os dentes não precisam disso para serem limpos.

Aplicação de selantes

Outro procedimento que ajuda no tratamento da raiz exposta, é o uso de selantes. Estes produtos são uma espécie de película protetora, aplicadas sobre os sulcos dos dentes. Os selantes conseguem penetrar o esmalte dentário, criando uma barreira que protege, facilita a limpeza e controla os níveis de placa bacteriana. Para isso, procure um consultório odontológico de confiança.

A raiz exposta é uma condição que afeta tanto a beleza do seu sorriso quanto a sua saúde bucal. Além das dores, sensibilidade e grandes incômodo, a raiz exposta é a porta de entrada para outros problemas, como as cáries e placas. Sendo assim, caso perceba qualquer alteração gengival, procure o seu dentista para que o tratamento seja iniciado o quanto antes.

Ainda não conhece um profissional de confiança? Então confira as nossas dicas para encontrar um dentista confiável e de qualidade.

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?