Odontologia Sem Medo: entenda como funciona a anestesia sem agulha

8 minutos para ler

É inegável que o mundo da odontologia é um dos que mais estão se beneficiando com os avanços da tecnologia, seja para os procedimentos estéticos ou os de rotina — manter a saúde bucal em dia é essencial para a nossa autoestima e bem-estar.

No entanto, ainda há procedimentos que necessitam de anestesia para os casos tais como extrações, tratamentos de canal ou restaurações.

Apesar de o anestésico retirar a sensibilidade da gengiva e aliviar os sintomas de alguns procedimentos, muitos pacientes associam a sua aplicação ao medo e à dor. A boa notícia é que já é possível utilizar uma forma alternativa e eficaz para evitar tal incômodo: a anestesia sem agulha. Continue a leitura e saiba como funciona essa nova tecnologia odontológica.

Conheça esse método essencial para aliviar a dor

Não há como negar que a utilização da anestesia pelos dentistas oferece mais conforto aos pacientes que sofrem com a ansiedade e com medo de sentir dor ou desconforto durante o atendimento.

Usada desde 1853, a anestesia tradicional, aquela que estamos acostumados a encontrar nos consultórios odontológicos, funciona por meio de uma injeção com agulhas, introduzindo o líquido na região subcutânea. Apesar de ser um método seguro, muitos pacientes, principalmente as crianças, sentem uma forte fobia com as pontas, podendo causar sérios desconfortos.

Os problemas mais comuns associados à situação são: ansiedade, risco de danos aos tecidos e aos nervos e, em alguns casos, arritmia cardíaca e dormência prolongada.

Tais episódios traumáticos colaboraram para que muitos pacientes abandonassem seus tratamentos, fazendo com a anestesia sem a necessidade do uso da agulha pudesse ser utilizada pelos dentistas no seu dia a dia.

Logo, desde a sua descoberta, a anestesia sem agulha vem possibilitando melhoras nos tratamentos em todo o mundo. Agora já é possível encontrar soluções simples, suaves e indolores para facilitar o trabalho dos profissionais da área e amenizar as fobias dos seus pacientes.

Saiba mais sobre a alternativa à agulha convencional

A possibilidade de haver uma injeção sem agulha é bastante eficaz e segura para pacientes ansiosos, que possuem alguma fobia da dor, da agulha ou outra restrição à anestesia convencional.

Pensando nisso, foi desenvolvido um aparelho equipado exclusivo para a aplicação do anestésico, oferecendo um processo simples e praticamente indolor ao paciente. A nova tecnologia permite a injeção de um jato do líquido anestésico com uma agulha especial e extra-curta (aproximadamente 0,17 mm, em comparação aos habituais 0,39 a 1mm mm das agulhas).

Mas, essa técnica só dá certo se o dentista tiver o conhecimento e a sensibilidade em dar a segurança indispensável a cada paciente, isto é, pouco adianta um equipamento ótimo e inovador nas mãos de amadores.

Em outras palavras, o profissional terá mais economia de tempo e também na implementação. É importante ressaltar que, com essa técnica, a substância não se acumula na região, evitando a compressão dos feixes nervosos, que são considerados os grandes causadores de dor momentânea e demais incômodos.

Esse jato penetra em uma micro-quantidade a partir de 0,1mL na mucosa e é pulverizado no tecido de forma uniforme. Ele dispersa o medicamento e anestesia, evitando assim, possíveis danos aos vasos sanguíneos e outras fibras. Em seguida, já com a mucosa anestesiada, o dentista aplica a quantidade indicada para cada região e procedimento. E, mesmo nos casos onde há necessidade de anestesiar de forma mais profunda, como já não existe dor, é possível utilizar a agulha convencional mas, agora, sem a mesma fobia do momento inicial.

Odontofobia

Descubra as vantagens da anestesia sem agulha

O novo procedimento é praticamente indolor e proporciona uma absorção ainda mais rápida do anestésico. Contudo, apenas o cirurgião dentista responsável poderá avaliar o caso, solicitar exames clínicos e considerar quando o seu uso é adequado para cada situação.

Quando realizada em um consultório de confiança e por um profissional qualificado, a aplicação é tão eficaz quanto as técnicas convencionais. Mas, ela jamais substitui em 100% a complementação da anestesia convencional e isso tem que estar bem claro para o leitor. Para que você entenda melhor, listamos as principais vantagens. São elas:

Quiz Invisalign

Alívio maior da dor

Se o seu medo é sentir dor pela presença inicial da agulha, pode deixá-lo de lado, pois a anestesia sem agulha não tem agulha nenhuma.

Duração menor do efeito de dormência

Quando recebemos a aplicação de uma anestesia, é comum sentirmos a sensação de dormência em toda a região. Porém, esse novo método possibilita uma diminuição significativa da dosagem liberada, chegando a ser 70% menor do que os procedimentos tradicionais. Por não comprometer os tecidos moles, o efeito de dormência também é reduzido, sendo a alternativa mais indicada para os tratamentos simples.

Sem incômodo com o barulho do motor

Antes mesmo de chegar ao consultório, muitas pessoas sofrem ao pensarem no temido barulho do “motor do dentista”. Esses pacientes costumam relembrar momentos dolorosos durante as consultas odontológicas, em que o uso da anestesia não foi satisfatório. Neste caso, temos o motorzinho sem “aquele” barulho por substituir a pressão pneumática pelo impulsionamento bem mais silencioso do acionamento elétrico.

Técnica segura e eficaz

Além de muito eficaz, o método é completamente seguro. O procedimento já foi aprovado pela Anvisa e encontra-se disponível para uso em procedimentos odontológicos em todo o país. Inclusive, por necessitar de uma dose menor do anestésico, oferece segurança em dobro ao paciente, reduzindo os riscos dos possíveis efeitos colaterais.

Livre de infecções

De acordo com dados divulgados em 2008 pela Organização Mundial da Saúde, o uso incorreto de injeções foi responsável pela infecção de 340 mil pessoas por HIV e outras 15 milhões sofreram contaminação com hepatite B. Portanto, garantir a higiene e boa manutenção dos equipamentos nos consultórios odontológicos é fundamental.

Mesmo sendo mais raras, ainda há chances de haver complicações anestésicas locais com a aplicação de modo tradicional. Isso pode acontecer com o uso incorreto da agulha, por exemplo, causando infecções bacterianas. Já com as novas tecnologias, esse risco pode ser reduzido de forma significativa.

Outro ponto que merece destaque é em relação às suas embalagens, que assim como os materiais convencionais são completamente estéreis e descartáveis, evitando a ocorrência de contaminação cruzada.

Saiba quais são as principais indicações

Rápido e prático, todo o processo pode ser realizado em uma fração de segundos. Neste caso, o paciente apenas ouvirá um som similar ao estalar de dedos, mas sem qualquer presença de agulhas.

Engana-se quem imagina que a fobia de agulhas ou de consultar um dentista pertence apenas às crianças, porém, pessoas de todas as faixas etárias podem apresentar algum nível de ansiedade ou o famoso medo de dentistas.

A tecnologia oferece uma imagem inovadora ao consultório dentário e promete ser um grande aliado na conquista de novos clientes, uma vez que os maiores medos que acometem os pacientes são o da agulha associado à dor. Por isso, a anestesia sem agulha possibilita conforto e comodidade na hora da aplicação.

Entenda quais são os tratamentos utilizados

A anestesia sem agulha pode ser aplicada em diversos tipos de procedimentos, como o tratamento de canal, obturação, restauração e até mesmo processos mais complicados, como cirurgias ou extração do siso. Mas, após as primeiras e fundamentais aplicações, pode ser necessária complementação com o sistema convencional, mas, óbvio, já com a mucosa completamente anestesiada.

Em geral, não há contraindicações e caso o paciente esteja apto a receber uma anestesia com agulha, será totalmente possível investir no método moderno. A única mudança a se destacar é em relação ao seu modo de aplicação e os efeitos de sensibilidade durante o processo.

Percebeu com esse método inovador de anestesia sem agulha pode facilitar a vida de muitas pessoas que têm medo da anestesia tradicional? Para continuar por dentro de todas as informações e dicas odontológicas, curta a nossa página no Facebook e acompanhe as principais novidades!

Odontofobia

Att, CD Dr. Alberto dos R Condé Jr crogo6411

Foto meramente ilustrativa

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?