Facetas X Lentes de Contato Dentárias: Quais as Diferenças?

7 minutos para ler

 

Quiz Invisalign

Um sorriso bonito e dentes bem cuidados atraem olhares e elogios, além de aumentarem a nossa autoestima e confiança frente a situações diversas, sejam sociais ou profissionais. Assim, proteger e cuidar do sorriso pode ser algo transformador na vida de uma pessoa.

O avanço da tecnologia na área de odontologia estética vem tornando mais fácil a realização do desejo de ter um sorriso mais perfeito possível. Os procedimentos, tratamentos e equipamentos vêm evoluindo e quem tem a ganhar são os pacientes!

Existem diversas maneiras de lhe ajudar a conquistar um sorriso ainda mais branco e encantador, dentro dos limites de cada biológico de cada paciente. Nesse post vamos abordar informações sobre duas opções que existem no mercado, as facetas dentárias de porcelana e as lentes de contato dentárias.

A seguir, saiba as principais diferenças, a recomendação, durabilidade e tudo o que é importante sobre esses procedimentos. Boa leitura!

Lentes de contato dentárias X facetas dentárias

Tanto as facetas dentárias quanto as lentes de contato dental são feitas de estruturas de porcelana ou resina que recobrem parte dos dentes. A diferença entre elas é basicamente a espessura da faceta e a quantidade de desgaste do dente.

Simplificando, as facetas de porcelana são como capinhas, feitas a partir da cerâmica da marca “E-Max”, que recobrem a superfície vestibular dos dentes, isto é, aquela parte que encosta nos lábios.

As facetas têm entre 0,7 e no máximo 2 milímetros de espessura. Nesse procedimento, é necessário que o dentista efetue uma certa quantidade de desgaste para que a faceta seja perfeitamente colocada.

Já as lentes de contato dentárias são ultrafinas e possuem cerca de 0,2 a 0,6 milímetro de espessura quando se usa a porcelana. Esta medida diminui quando o material utilizado é a resina.

Desse modo, o desgaste do dente é mínimo e, no caso da resina, pode até ser inexistente, por isso, as lentes de contato dentárias são consideradas minimamente invasivas.

Quando cada uma é recomendada?

De modo geral, ambos os procedimentos são recomendados para pessoas que estão insatisfeitas com seus sorrisos e desejam fazer alguma intervenção estética para melhorar esta situação.

A colocação de facetas ou lentes dentais é interessante para harmonizar dentes e gengiva com seu sorriso. O resultado é um sorriso mais harmônico e alinhado, dentição mais limpa e, é claro, uma autoestima elevada.

Qual procedimento é o mais adequado?

A escolha vai depender de cada caso e da orientação do dentista que cuida de você. Para entender a diferença, é importante saber que a lente de contato dental é mais usada para pequenas correções, como fechar espaço entre os dentes.

Ela pode ser indicada também para harmonizar o comprimento e largura dos dentes, fazendo o sorriso combinar melhor com o rosto de cada paciente. A espessura da lente é bastante fina e sua cor é quase transparente, por isso não é indicada em dentes escurecidos.

Já as facetas dentárias são usadas para cobrir dentes extremamente escuros ou com grandes restaurações. Neste procedimento, um desgaste dentário é feito, instalado um opacificador e só depois é feita a colocação de uma faceta.

Mas, não são boas para casos de dentes desalinhados ou girados. Nesses casos, o uso prévio de aparelho ortodôntico reduz a quantidade de desgaste do dente e diminui a possibilidade de sentir dor. Se houver alguma “resistência” ou rejeição pelo aparelho fixo, temos, para os pacientes que procuram um tratamento rápido e praticamente invisível, o aparelho invisível Invisalign.

Como é feito o procedimento?

Geralmente, após a visita inicial ao consultório, o procedimento é feito de acordo com as seguintes etapas:

Fotografias e moldagem

Antes de começar o procedimento em si, é necessário fazer uma avaliação da saúde da arcada dentária para definir qual técnica indicada ao paciente. Dessa forma, fotografias, moldagens e radiografias auxiliam o dentista no momento de planejar o tratamento.

O profissional deve também dar atenção à condição da gengiva, que precisa estar totalmente saudável. Isto porque se há alguma inflamação, o inchaço aumenta o volume da gengiva e, consequentemente, compromete a aplicação correta das lâminas.

Profilaxia e clareamento dental e planejamento

Após a limpeza dos dentes (profilaxia), começa a etapa de clareamento. Nesta etapa também é apresentado o planejamento do tratamento. É importante ressaltar ainda que o profissional deve informar as possibilidades dos resultados. Desta forma, o paciente sai do consultório já com uma ideia de como é seu planejamento.

Definição da cor dos dentes e aplicação de provisórios

Este retorno do paciente ao consultório é o momento de escolher a cor do revestimento. Esta escolha deve ser feita com bom senso, para que o resultado não pareça muito artificial. Para casos onde a técnica é a faceta dentária, é necessário preparar os dentes por meio de um procedimento chamado desgaste.

Na sequência, os provisórios são aplicados. No caso das lentes, este procedimento é descartado e, em seu lugar, entram as simulações de resina, ou mockups ajudam o paciente a ter uma ideia bastante próxima de como ficará o planejamento. Cabe aqui uma advertência pois, o resultado final é uma variável impossível de ser fielmente prevista. Dessa forma, apenas as garantias de meio são oferecidas em Odontologia.

Remoção dos provisórios e instalação das facetas ou lentes

Respeitando um período de 10 a 15 dias para o retorno ao consultório, esta etapa é a aplicação definitiva das facetas ou lentes. As lâminas são testadas e, finalmente, cimentadas ao dente. A revisão da consulta acontece para uma avaliação final da situação da mordida e da adaptação da gengiva ao novo dente.

Mulher sorrindo após realizar um procedimento odontológico de estética

Existe alguma contraindicação para o tratamento?

É importante ficar atento às restrições e conversar com o cirurgião dentista para que ele possa, inclusive, indicar alternativas para quem não pode colocar facetas ou lentes de contato dentárias. Esses procedimentos são contraindicados para pacientes que:

  • sofrem de bruxismo ou roem as unhas com frequência de forma descontrolada: mas, há como solucionar esse problema;

  • possuem dentes muito comprometidos e tratados de canal: nesse caso, outros procedimentos estão indicados;

  • têm mordida torta ou desequilibrada e precisam usar aparelho previamente: uma dica é o aparelho invisível;

  • higienização oral descontrolada.

É importante programar-se para fazer o procedimento?

Durante o período de tratamento, é possível que haja a necessidade de colocação dos chamados “provisórios”, enquanto as lentes ou facetas são confeccionadas. Como o nome sugere, o uso deste material, em geral resina, é necessário no período entre a preparação do dente e o retorno ao consultório para a aplicação do método escolhido.

O provisório é uma forma de o paciente manter o dente esteticamente harmônico enquanto as facetas não estão prontas. Tomados os devidos cuidados, esta fase não apresenta problemas, mesmo que haja o receio das lâminas se soltarem. Porém, é importante se programar para que, em caso de emergência, o dentista possa resolver o quadro o mais rápido possível.

Como é a manutenção?

O sucesso e a durabilidade do procedimento estético nos dentes não dependem só do profissional que executa o serviço. O paciente também deve seguir com uma rotina de higiene oral adequada, sempre tomando cuidado, por exemplo, com alimentos que escurecem os dentes.

Seguindo as orientações dadas pelo cirurgião-dentista, tanto as facetas quanto as lentes de contato terão ótima durabilidade. No entanto, toda porcelana pode cair, quebrar ou rachar. Nesses casos, deve-se procurar um odontologista de confiança para avaliação.

Gostou de saber as diferenças entre facetas dentárias e as lentes de contato dentárias? Se você quiser saber ainda mais sobre tratamentos estéticos com porcelanas, não deixe de acessar o link e fazer o download gratuito do nosso e-book!

 

Att, CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6411

 

Mulher sorrindo após realizar um procedimento odontológico de estética

 

 
 

 

 

 

Att, CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6411

 
Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?