Medo de dentista: o que fazer para superar?

3 minutos para ler

Mesmo com os incríveis avanços que a área da saúde obteve nos últimos anos e o fácil acesso que qualquer pessoa tem à informação por meio da internet (embora a maioria está incompleta ou errada), existem alguns receios quanto a certos tratamentos e procedimentos no consultório. Pensando nisso, preparamos este post para mostrar o que fazer para superar o medo de dentista.

Os bons hábitos e um cuidado com a saúde bucal no dentista são pilares para não apenas um sorriso bonito e funcional, como também trazem mais autoestima e confiança para qualquer um. Por isso, não visitar um profissional de confiança regularmente pode ocasionar sérios problemas.

Continue lendo e descubra como evitar que isso aconteça com você!

Encontre um profissional de sua confiança

O primeiro passo para superar o medo de dentista é encontrar um profissional de sua confiança. Afinal, se você está inseguro ou receoso quanto aos tratamentos dentários que possam surgir, ter uma comunicação mais aberta pode ajudar a reverter ou amenizar o quadro.

Diante dessa realidade, você deve buscar por alguém que tenha experiência no ramo e conte com uma boa reputação entre os pacientes. O aspecto pessoal também deve entrar na equação e, a partir do momento que vocês obtiverem mais proximidade e familiaridade, a tendência é que a ansiedade e o temor fiquem para trás.

Não faça grandes intervalos entre consultas

Outra atitude importante para superar o medo de dentista é não dar bobeira e deixar que o intervalo entre as consultas seja muito grande. Muito tempo sem fazer a devida avaliação da sua saúde dentária poderá aumentar, consideravelmente, as suas chances em ter algum problema, o que pode resultar em tratamentos mais invasivos e dolorosos.

A frequência ideal, como é de se imaginar, depende de uma série de fatores, como a presença de cáries, o uso de aparelhos ortodônticos, a incidência de doenças e assim por diante. Uma visita semestral pode ser uma boa pedida, desde que você faça uma boa higiene, capriche na limpeza e siga as recomendações do profissional.

Quiz Invisalign

Opte por aparelhos ortodônticos sem fio

O medo de muitas pessoas, independentemente da idade, pode estar ligado ao tratamento ortodôntico, uma vez que os ajustes e as adaptações podem ser um pouco incômodos. No entanto, é preciso ter em mente que, com um profissional bem preparado, você não deve ter maiores problemas nas consultas.

Além disso, a tecnologia segue em franco desenvolvimento e, nos dias de hoje, existem opções mais modernas e funcionais. O Invisalign®, por exemplo, onde o paciente troca os alinhadores dentários em casa, muito mais discreto, feito sob medida com moldeiras removíveis e praticamente invisíveis, que não usa bráquetes nem fios metálicos, trazendo muito mais precisão se o dentista for competente.

Como você pôde ver ao longo deste conteúdo, superar o medo de dentista depende de uma série de pequenas atitudes, de forma que você possa frequentar as consultas e fazer os tratamentos necessários, experimentando os benefícios de contar com a ajuda de um profissional imprescindível para sua saúde.

Gostou do artigo? Se quiser ficar por dentro de novos conteúdos de valor como este, aproveite a visita ao blog e siga nossas redes sociais: Facebook e Instagram!

Odonto Condé / Condé Invisalign 

Doctor CROGO/EPAO 1587, RTCD 

Dr. Alberto dos R Condé Jr 

CROGO6411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?