Meu dente quebrou, e agora? Veja aqui o que fazer!

4 minutos para ler

Quer coisa mais desagradável do que quebrar o dente? Seja qual for o motivo, a sensação é muito ruim. Ainda assim, ela acontece. Por essas e outras, quando você tiver aquela temível constatação “meu dente quebrou”, é bom saber o que fazer.

Descubra todos os detalhes neste passo a passo:

Guarde o fragmento do dente

O ideal, caso seja encontrado, é guardar o fragmento do dente.

Como ele não está recebendo toda a nutrição do corpo, é natural que perca parte do brilho e das condições ideais. Para evitar danos maiores, o melhor caminho é deixar o fragmento no leite, na água ou no soro fisiológico.

Além disso, é muito importante limpar o pedaço de dente.

Se a quebra aconteceu como resultado de uma pancada, é indicado colocar uma compressa de água fria na face também, pois assim fica mais fácil minimizar o inchaço e recuperar o dente.

Em casos mais graves, quando o sangramento é intenso e não para nos 10 minutos iniciais, é bom procurar o cirurgião-dentista. Isso porque o trauma pode ser maior.

Não tente colar o dente

No desespero de resolver o problema, algumas pessoas tentam colar o dente por conta própria. Essas colas podem formar uma película que não pode ser removida pelo dentista, complicando a reinserção.

Um profissional capacitado conhece a anatomia de um dente, podendo posicioná-lo de forma correta e com os materiais certos.

Marque uma consulta com um dentista

Agora que você já sabe como o dentista é a pessoa ideal para colar o seu dente, marque uma consulta o mais rápido possível. O tempo que você demora para tomar essa medida pode fazer muita diferença no prognóstico final.

Com um especialista, fica mais fácil reinserir o dente e fazer os demais procedimentos necessários. O tempo de 2 horas costuma ser o necessário para lidar com o dente quebrado e diminuir o risco de rejeição.

Quiz Invisalign

Submeta-se aos procedimentos

“Meu dente quebrou.” Se você passou por isso, provavelmente quer saber o que acontece até que o fragmento seja reinserido, certo?

Anestesia e limpeza

Para conseguir mexer no dente sem deixar o paciente com muitas dores, o dentista aplica uma anestesia. Como o dente costuma sangrar, ele também realiza uma limpeza para conseguir fazer tudo com mais facilidade.

Análise do fragmento

Depois de anestesiado, ele irriga o local fraturado com soro fisiológico. Depois disso, faz uma análise se o pedaço do dente pode ser colado.

Se sim, começa o procedimento. Porém, há casos cuja peça não está apta para reinserção. Então, o dentista deve reparar a fratura com a resina e prosseguir.

Caso a fratura seja muito extensa, o ideal é reparar com canal, pino ou restaurações em porcelana ou até mesmo próteses. Isso acontece porque o dente não tem resistência para aguentar os reparos.

Raio-x

O raio-x é fundamental para perceber outras fraturas, seja no osso ou na raiz do dente — uma situação que exige outros procedimentos de estabilização.

Reinserção

O passo final é a colagem do dente, na posição correta e com os materiais específicos.

Para ter resultados melhores, um acompanhamento radiográfico pode acontecer depois para verificar se o procedimento está correto e foi bem-aceito pelo organismo. Assim, você garante um sorriso bonito e saudável.

Agora que você já sabe o que fazer quando seu dente quebrar e vivenciar esse tipo de aperto. Seja prudente e busque sempre o auxílio de um profissional capacitado.

Se você gostou das nossas dicas e quer saber o que fazer quando pensar “quebrei meu dente” e outras coisas, assine a nossa newsletter e receba os nossos conteúdos diretamente no seu e-mail!

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.
CRO-GO 6.411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?