O que avaliar antes de colocar as facetas de porcelana?

12 minutos para ler

Quando o assunto é o sonho de um sorriso perfeito, as facetas de porcelana estão entre as opções mais comuns e desejadas. Nada mais natural, já que, quando o profissional é competente (e o paciente, colaborador), as chances de se conseguir um ótimo e duradouro resultado estético bem maiores.

Ainda assim, muitas pessoas ficam inseguras quanto ao procedimento ou sem saber o que avaliar no momento de decisão. E não é para menos, pois, embora o tratamento não seja invasivo — como um implante dentário —, é  preciso avaliar alguns pontos antes de fazer alterações no seu sorriso com as facetas de porcelana.

Se você está pensando em recorrer ao procedimento, mas tem dúvidas a respeito, está no lugar certo. Neste artigo, separamos alguns pontos que merecem sua atenção e aumentam as chances de sucesso do tratamento! Vamos lá?

Clareamento e profilaxia dentária

Antes de qualquer coisa, é muito importante que o dentista considere dois pontos: o clareamento dental e a profilaxia dentária (limpeza). Trata-se de procedimentos fundamentais, que devem ser realizados antes do tratamento com as facetas. Por meio deles, fica mais fácil perceber se você está lidando com um profissional sério ou não.

É muito importante que o dentista faça todos os tratamentos necessários, como a reparação de algum dente, a limpeza dentária e todas as outras atividades indispensáveis. Tudo isso deve ser providenciado antes de se colocar as facetas dentária

Já a plástica gengival, quando indicada, vem antes do clareamento e é por meio dele que é possível entender qual é a verdadeira coloração dos dentes e, assim, conseguir implantar uma faceta na cor ideal.

É isso mesmo: as facetas de porcelana, quando indicadas, podem solucionar os problemas de escurecimento dos dentes, mas é necessário um clareamento dental antes disso. Essa é a melhor forma de encomendar na tonalidade ideal e, assim, buscar uma cor melhor para os dentes de cada paciente..

Quantidade de facetas de porcelana

Embora muitas pessoas pensem que ‘só precisam de uma ou de 10 facetas, esse é um grande engano. O planejamento usando o Digital Smile Design é fundamental para propor a quantidade de lentes de contato indicada para cada pessoa. .

Esse exame 2D e 3D dos dentes e gengiva na boca é responsável por boa parte da percepção harmônica de um sorriso. Ainda assim, é bom avaliar e conversar com o dentista, pois algumas pessoas contam com um sorriso mais aberto e, por consequência, precisam investir em uma quantidade maior. Já aquele que estão com  a maxila contraída, atrésica e com sorriso que “só mostra a parte da frente” deve avaliar a necessidade prévia de correção da mordida com a Ortodontia.

Portanto, é bom perceber e avaliar qual é a condição de sua boca, se precisam de uma expansão ortodôntica prévia e quantas facetas de porcelana seriam indicadas para um resultado satisfatório.

Alteração da cor

Como são personalizadas e protéticas, as facetas podem acabar tendo suas colorações alteradas com o passar do tempo. Isso significa que elas devem ser trocadas depois de algum tempo de uso, o que pode acontecer por volta de 5 a 10 anos.

Como você pôde perceber, a durabilidade pode ser, quando não ocorrem problemas, muito alta. Ainda assim, é bom avaliar se o dentista explica todos esses detalhes e faz recomendações sobre como preservar o material implantado. Afinal, trata-se de um ponto importantíssimo. Então, seja criterioso!

Importância do dentista e do laboratório protético

O trabalho desenvolvido para melhorar o sorriso acontece como uma parceria entre o dentista que o atende e o laboratório protético. Por isso, é fundamental que os dois sejam incrivelmente eficientes, pois o erro de um deles pode comprometer todo o resultado.

Pense que o dentista pode simular tudo perfeitamente, mas, se escolher um laboratório inexperiente, possivelmente acabará não tendo o resultado esperado (e vice-versa). Para evitar essa dor de cabeça, considere os dois lados e busque meios para conseguir o melhor para seu sorriso.

E uma das formas de se fazer isso é pedindo indicações ao seu dentista. Provavelmente, ele já até tem alguns laboratórios com os quais costuma realizar esse tipo de trabalho. Porém, é preciso lembrar que a escolha é totalmente sua. Não se sinta pressionado a optar pela principal indicação do profissional, mas ouça o que ele tem a dizer.

Problemas de posição dentária para corrigir

Se você tem um dente mal posicionado ou até mesmo girado, o ideal é que faça o alinhamento prévio por meio do aparelhos ortodônticos. As facetas podem “solucionar” os casos mais simples de pouco apinhamento, mas, com o custo de grande desgaste e até de hipersensibilidade..

Mas é FUNDAMENTAL entender que usar o aparelho reduz o desgaste a ser feito pelas facetas, preserva a estrutura dentária e é bem mais conservador para os dentes do paciente.

Porém, se a pessoa precisa do aparelho, mas não gostaria de mudar seu estilo de vida ou a estética de seu sorriso, a boa notícia é que o aparelho ortodôntico pode ser discreto, confortável e rápido!

Esqueça aquela ideia ficar com a boca metalizada durante anos. O aparelho invisível é um sistema de alinhadores trocados semanalmente pelo paciente em casa, conforme o movimento dos dentes. Como são removíveis, eles podem ser retirados para a alimentação e a limpeza da boca.

Além de contribuir para uma estética mais atraente, as facetas ainda modificam a forma e a cor dos dentes, outro grande ganho para quem quer valorizar o sorriso. Por isso, é sempre bom conversar com o dentista.

Necessidade de um desgaste dentário

Quando existe um planejamento odontológico, pode ser que seja necessário raspar a estrutura do dente para conseguir “encaixar” a faceta de forma ainda mais natural.

O desgaste é feito na camada do esmalte dentário. Para se ter uma noção, existe sempre um limite técnico que pode (ou não) ser alterado com as facetas.

Ainda sim, sem um alinhamento ortodôntico prévio, pode ser feito um desgate excessivo e o paciente pode ficar com hipersensibilidade ou até ter que fazer canal e pagar por isso. Isto é, se o desgaste for maior do que o mínimo necessário, é indicado usar o aparelho previamente para movimentar os dentes em vez de “cortá-los”.

Simulação fotográfica

Quando existe um planejamento consistente, é bem mais fácil atingir bons resultados e reduzir as chances de erros. A simulação fotográfica pode ser de grande ajuda nesse sentido, pois, assim, existirá um protocolo técnico a ser seguido.

Além disso, essa é uma ótima forma de simular o planejamento é fazer com que você fique ainda mais convencido dos benefícios do tratamento. Nada mais natural, já que é possível diminuir a expectativa e entender o que realmente será feito.

Custo-benefício

Essa é uma dúvida muito comum, já que, dependendo de cada profissional, os custos podem variar bastante. O Conselho Federal de Odontologia proíbe a divulgação de custos de tratamento, mas já na sua consulta é possível informar os honorários..

É bom lembrar que cada paciente precisa de um tratamento que atenda às suas especificidades, como consultas, planejamento e laboratório — o que faz com que o valor oscile ainda mais.

Ainda assim, fique atento à quantidade de facetas que vai precisar, ao valor cobrado pelo dentista e aos resultados que ele atingiu com outros pacientes. Essa é a chance de dar certo!

Situações que podem impossibilitar o procedimento

Existem algumas situações capazes de inviabilizar o tratamento com as facetas de porcelana, como:

  • estrutura dentária insuficiente para receber o material; usamos outras técnicas tais como a coroa do mesmo material
  • falta de dentes; que indica o implante e a coroa do mesmo material
  • cáries ou trincas.que devem ser corrigidas antes da instalação das facetas

Assim, nesses casos, o ideal é realizar um tratamento corretivo primeiro e, somente depois, finalizar com as facetas.

Contraindicações para o tratamento

Além das situações citadas acima, há outras que devem ser avaliadas com cuidado antes de o paciente colocar as facetas de porcelana. Uma delas é quando ele sofre de maloclusão — os dentes de cima não encostam nos de baixo ou estão com mordida cruzada, em topo ou mesmo profunda. Nesses casos, o paciente precisa fazer um tratamento ortodôntico primeiro, para depois colocar as facetas.

Pacientes que sofrem de problemas de bruxismo — também devem aprovar o uso de placas oclusais para dormir ou usar toxina botulínica com seu médico para colocarem as facetas de porcelana. Caso contrário, as facetas terão uma vida útil muita curta.

Pessoas que rangem os dentes durante a noite também devem ser avaliadas com cuidado, antes de se submeterem ao tratamento.

Mudanças na rotina

Como falamos nos tópicos acima, se bem cuidadas, as facetas de porcelana podem durar muitos anos. Mas, apesar de serem resistentes, elas são próteses ultrafinas e, por isso, é preciso tomar alguns cuidados básicos para prolongar a vida útil delas.

Se você é daquelas pessoas que costumam abrir tampas de garrafa com os dentes, repense este hábito, pois suas próteses podem sofrer algum tipo de dano. Roer as unhas e tampas de caneta também são ações que devem ser abolidas, caso você queira conservar suas próteses e seu sorriso bonito por mais tempo.

Recomendações pós-aplicação

Colocar as facetas de porcelana não é motivo para descuidar da saúde bucal. Então, apesar das mudanças na rotina citadas, é importante manter uma boa higiene, pois, embora os dentes estejam cobertas com uma capa, ainda há o risco de incidência de cáries e outras doenças.

Por isso, mesmo que o paciente coloque as facetas de porcelana em grande parte dos dentes, ele precisa escovar os dentes sempre após as refeições. Passar o fio dental diariamente e complementar a limpeza com um enxaguante bucal sem álcool também ajuda a boca a ficar livre das bactérias.

No mais, ao mínimo sinal de fratura na prótese é preciso procurar o dentista imediatamente para que ele faça os devidos reparos. Se a faceta sofrer uma trinca, pode haver infiltração, causando cáries nos dentes. 

Outro ponto importante é observar se você acorda com dores de cabeça ou na mandíbula. Isso pode ser indicativo de bruxismo e, caso haja o problema, pode estar indicado uso de uma placa oclusal para dormir, pois ela evita que as facetas sofram danos por causa do ato de ranger os dentes.

Principais dúvidas sobre a faceta de porcelana ou lentes de contato dentais

Embora não seja um procedimento tão recente, ainda existem muitas incertezas sobre a colocação das facetas de porcelana. Como não faz sentido ir implantando-as aos poucos, pelo contraste que haveria em relação ao restante dos dentes, normalmente é necessário colocar as facetas de uma vez, o que requer um alto investimento.

Sendo assim, não hesite em sanar todas as suas dúvidas, para que você possa realizar seu procedimento de maneira tranquila. Confira as principais:

As facetas de porcelana desgastam o dente?

As facetas de porcelana não causam nenhum dano ao dente. Contudo, para fazer com que sua adesão à superfície dentária seja mais natural, pode ser necessário realizar um pequeno desgaste no esmalte dentário.

Quanto tempo duram as facetas?

As facetas de porcelana costumam durar bastante. Se não houver nenhum pequeno acidente, sua vida útil fica entre 5 e 10 anos. Contudo, isso varia de acordo com os hábitos do paciente.

Geralmente, a substituição da lâmina ocorre quando ela se torna opaca ou amarelada, ou seja, perde seu efeito transformador do sorriso. Isso é normal, porém, alguns hábitos podem acelerar o processo, como a ingestão de alimentos cítricos ou muito pigmentados, o fumo e o uso de escovas com cerdas duras.

Existe diferença entre as facetas e as lentes de contato dentárias?

As lentes de contato e as facetas funcionam basicamente da mesma maneira. A principal diferença entre as duas é que a primeira é mais fina: enquanto a faceta costuma ter, em média,  acima de 2 mm, a lente de contato tem entre 0,2 e 0,4 mm de espessura.

As duas têm a mesma indicação, sendo capazes de corrigir pequenas falhas e clarear o sorriso. Entretanto, para que a faceta seja aderida ao dente, é necessário um pequeno desgaste da camada superficial do esmalte dentário. Essa situação é minimizada com relação à Ortodontia prévia e com à lente de contato.

O bruxismo causa desgastes nas facetas?

O bruxismo, da mesma forma que causa desgastes nos dentes, pode desgastar as facetas de porcelana ou até tirar os laminados da posição correta. Por isso, é muito importante proteger seus dentes desse mal antes das facetas.

Quais são as etapas do tratamento?

Primeiramente, é realizada uma série de fotografias e exames radiográficos, para que o profissional possa ter todas as informações necessárias sobre seu sorriso antes de alterá-lo. Com essas informações em mãos e sabendo de suas expectativas, o dentista faz uma moldagem e um planejamento — a serem aprovados pelo paciente.

São comuns, também, a limpeza e o clareamento dental nessa etapa. Após isso, é feito um “mockup”, ou seja, facetas provisórias para você testar e verificar se está tudo ok antes de colar a porcelana. Se estiver tudo de acordo, são instaladas as facetas fixas.

Agora que você entendeu melhor o que considerar antes de prosseguir com a aplicação das facetas de porcelana, é bem provável que esteja mais criterioso, certo? Esse é um ótimo caminho, pois, assim, fica mais fácil alcançar resultados mais satisfatórios.

Aproveite a visita e descubra descobrir por que investir e facetas de porcelana para os seus dentes! No post, vamos citar todos os benefícios proporcionados pelas mudanças que este procedimento oferece para a beleza de seu sorriso e para sua autoestima.Nesse link você fala diretamente com nosso WhatsApp profissional.

Mulher sorrindo após realizar um procedimento odontológico de estética

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411

 
Quiz InvisalignPowered by Rock Convert
Posts relacionados

2 thoughts on “O que avaliar antes de colocar as facetas de porcelana?

    1. Sim, temos posts específicos. Qualquer dúvida, envie msg para nosso whatsapp profissional 62 984008882

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?