Perda de dentes: saiba as principais causas e como prevenir

4 minutos para ler

Ter um sorriso natural, alinhado e sem manchas é o sonho de qualquer pessoa, não é mesmo? Entretanto, a falta de cuidado ou algumas condições específicas dos pacientes podem levar à temida perda de dentes.

O fato é que a maior parte das causas desse problema é evitável quando você visita o seu dentista regularmente e toma alguns cuidados no seu dia a dia. Então, para não perder os dentes e ter a necessidade de recorrer a implantes, separamos as principais causas dessa situação e as melhores práticas de prevenção. Acompanhe!

Cárie

Um dos pontos de atenção e que podem levar à perda de dentes é a deterioração, mais conhecida como cárie. Essa condição está diretamente ligada ao seu estilo de vida, como a frequência do consumo de açúcar industrializado que você come e do uso correto do fio dental e escova de dente.

A cárie é um processo de deterioração dos nossos dentes, que acontece quando há acúmulo de sujeira na boca. Isso resulta na proliferação de bactérias que já vivem naturalmente na nossa região bucal, mas que produzem ácidos corrosivos.

Apesar de essa condição muitas vezes ser associada a um problema infantil ou de fácil correção, é preciso atenção, pois pode se tornar um problema grave que leva à perda de dentes, já que pode destruir a coroa da raiz e inviabilizar qualquer tipo de tratamento. Portanto, escove os dentes regularmente e visite o seu dentista.

Periodontite avançada

A periodontite ou doença periodontal afeta as gengivas e pode se estender e evoluir até o osso que sustenta os dentes. Ela é caracterizada por uma infecção causada por bactérias presentes na placa bacteriana.

Quando essa camada branca não é retirada na escovação ou com limpezas específicas no consultório, ela se transforma em tártaro, ocasionando a perda óssea. A periodontite apresenta três estágios, sendo que o avançado é aquele que leva à perda dos dentes, pois afeta severamente as fibras e ossos dos dentes. Isso faz com que eles fiquem moles e caiam.

Acidentes

É possível prevenir acidentes, mas não há como reduzir a zero o risco de que ocorram. Certas eventualidades não dependem de nós. Ainda assim, é preciso ter o máximo de cuidado e precaução quando for comer alimentos muito crocantes e duros, bem como com a ocorrência de pancadas.

Quiz Invisalign

Circunstâncias como essas podem levar à perda de dentes, uma vez que quebram e danificam a raiz, inviabilizando os tratamentos disponíveis.

Descuido com o aparelho fixo

O aparelho fixo é uma forma importante de tratamento, mas requer muita atenção na limpeza. O descuido com esse equipamento pode ocasionar a perda dos dentes quando há acúmulo de sujeira, que leva a inflamações, infecções e cáries.

O uso do Invisalign minimiza esse problema, já que ele é removível, facilitando a higienização e a troca de alinhadores pelo próprio paciente. Para evitar complicações, utilize uma escova de dentes própria e não se esqueça do fio dental, que as pessoas muitas vezes deixam de lado.

Vale ressaltar que algumas doenças e hábitos, como o bruxismo, fumo e uso de medicamentos costumam ser associados à perda de dentes. Entretanto, essas situações por si mesmas não os fazem cair, mas, quando associadas a outras condições, aumentam a predisposição e as chances de perder os dentes.

A perda de dentes, como dissemos, pode ser evitada com a correta higienização e visitas regulares ao seu dentista de confiança. Somente em caso de acidentes, como as pancadas, não há como adotar essas práticas de prevenção. Dito isso, seja o melhor amigo do seu dentista, escove a região bucal ao menos três vezes por dia e faça uso do fio dental.

Agora aproveite para se aprofundar no assunto e entenda o que é perda óssea e como evitá-la.

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?