Plástica gengival: o que é e como funciona?

4 minutos para ler

Diversos famosos se submeteram à plástica gengival, uma técnica que transforma seu sorriso e melhora a relação dente x gengiva em relação ao seu rosto.

Para entender mais sobre esse método que vem despertando cada vez mais interesse, não deixe de ler esse artigo. Confira!

O que é a plástica gengival, afinal?

Esse é um tipo de cirurgia que, como o próprio nome indica, tem como objetivo melhorar o formato, a quantidade e a posição das gengivas. Nesse caso, o método usado pode ser a reconstrução, o recobrimento das raízes ou ainda o aumento do espessamento caso elas sejam muito finas. Ou seja, o objetivo é melhorar a estética da gengiva guiada pela melhor harmonia possível dela com os dentes.

Qual profissional realiza o procedimento e em quem?

O procedimento pode ser feito pelo cirurgião-dentista. A especialidade que cuida da gengiva é a periodontia. O procedimento é indicado para corrigir esse tipo de desalinhamento de gengivas, como o sorriso gengival alto, as hiperplasias e até mesmo para outros incômodos. Em outros casos, a cirurgia também pode ser indicada para recuperar recessões e retrações da gengiva, além de tratar melanoses e manchas.

Independentemente da necessidade, o objetivo da plástica gengival é contribuir para um sorriso esteticamente mais bonito, saudável e duradouro.

Como a plástica é feita?

A plástica gengival pode ser feita por meio de várias cirurgias diferentes, mas o modelo mais comum é o descolamento da gengiva para cima, para baixo ou para o lado — dependendo sempre do objetivo.

Os procedimentos mais simples são rápidos e podem durar 30 minutos, enquanto as mais elaboradas podem chegar a duas horas de duração.

Quiz Invisalign

A plástica é feita com anestesia local, então o paciente não sente nenhum tipo de incômodo ou desconforto. Ainda assim, dependendo da técnica utilizada, o paciente pode precisar ficar em repouso e afastado do trabalho por até um dia.

Como é o pós-operatório?

Por mais simples que a operação seja, a gengiva envolve camadas de tecidos. Portanto, é fundamental que o paciente tome alguns cuidados e siga algumas recomendações.

É importante evitar a exposição ao sol, esforço físico e o consumo de bebidas alcoólicas no primeiro dia. Além disso, a medicação deve ser tomada antes e depois da plástica gengival conforme prescrição do seu dentista.

Nas, primeiras horas pós-operatório, a alimentação deve ser fria e pastosa, tais como purê, macarrão, carne moída, etc. Para fechar, a higiene bucal deve acontecer com cuidado e com os produtos certos e prescritos pelo cirurgião-dentista.

Existe algum pré-requisito?

Para ser submetido a esse tipo de intervenção, o paciente deve ter tratado, previamente, qualquer doença local e sistêmica. A periodontite (doença da gengiva) ou qualquer outro problema bucal. As placas bacterianas devem ter sido tratadas e a saúde bucal geral deve estar em dia.

Além disso, o procedimento pode ser adiado ou até inviabilizado em caso de tabagismo, diabetes, hipertensão e problemas de coagulação. Então, é bom ficar de olho!

Agora que você já sabe tudo sobre a plástica gengival, ficou mais fácil entender sobre o procedimento e quem precisa dele. Uma coisa é fato: os resultados são incríveis e o sorriso fica bem mais harmonioso! Se você ficou interessado e quer colher os benefícios desse procedimento, entre em contato com a OdontoConde agora mesmo. Não deixe de buscar o sorriso que você sempre quis com a segurança de profissionais capacitados.

Att, CD Dr. Juliano Gonçalves Miguel Especialista em Periodontia Cirurgião-dentista, CRO-GO 11.785
Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?