Profilaxia dentária: por que é tão importante? Entenda!

6 minutos para ler

Um sorriso bonito é um excelente convite, seja na vida profissional, seja na vida pessoal, principalmente por deixar a pessoa mais confiante. Não tem como fugir: a aparência dos dentes é muito importante para abrir essas portas, no entanto, o mais essencial é mantê-los sempre saudáveis.

Higienizar os dentes diariamente deveria ser um hábito de todos, porém, somente a limpeza feita em casa não é suficiente para manter seu sorriso 100% saudável. É nesse momento que a revisão odontológica e a profilaxia dental (limpeza feita por um dentista) entra em cena.

Veja a seguir alguns pontos importantes para não ficar adiando esse compromisso na sua agenda!

Por que fazer a profilaxia dental?

dentista é o profissional especializado na saúde bucal e possui a expertise e equipamentos essenciais para realizar uma limpeza profunda e completa. Por mais que você seja uma pessoa comprometida com a limpeza diária, os resultados são bem diferentes. Isso porque somente um profissional consegue limpar cada dente e os seus arredores de forma individualizada.

Os efeitos são tão positivos que até mesmo os próprios dentistas vão aos colegas fazer a revisão e a limpeza de forma regular e manter a saúde bucal em dia. Como você deve imaginar, essa atitude simboliza como essa é uma ótima alternativa para quem quer preservar os dentes.

Além disso, esse profissional é capaz de identificar cáries e outros acometimentos que não são facilmente visualizados por pessoas leigas no assunto. Por essas e outras, essa prática é essencial e deve fazer parte da rotina de qualquer pessoa interessada na manutenção dos dentes.

Como essa limpeza é feita?

Os procedimentos normalmente realizados durante a profilaxia dental são:

Tartarectomia

O 1º passo envolve a remoção do tártaro ou cálculo dentário. Ela é feita utilizando um aparelho de ultrassom e curetas, ou seja, materiais específicos dos dentistas. Isso significa que o processo só pode ser feito de forma eficiente por esse grupo de profissionais — um motivo a mais para você adotar a prática.

É isso mesmo: não é possível remover tártaro com escova e fio dental, por mais que algumas pessoas pensem que sim. Como envolve uma raspagem mais profunda, a remoção precisa dos equipamentos corretos.

Jateamento

Essa parte do processo envolve lavagem com água pressurizada e bicarbonato de sódio e jateamento. A combinação de medidas que visa remover as placas bacterianas e prevenir inflamações nas gengivas. Somado a isso, existe também o polimento e a proteção do dente, um detalhe que faz toda diferença.

Escovação completa

O dentista também investe na instrução personalizada de como o paciente deve escovar seus dentes removendo hábitos nocivos e corrigindo posições e forças erradas da escova sobre os dentes. Essa é uma maneira eficiente de deixar a boca completamente limpa para a aplicação do flúor.

Além disso, tudo isso é feito com uma pasta dental ainda mais elaborada e que é encontrada apenas em consultórios odontológicos.

Aplicação de flúor

Esse é o último procedimento feito e tem como objetivo fortalecer e preservar o dente. Ele devolve o frescor e ainda faz com que eles sejam remineralizados, um ponto que faz toda diferença.

Com que frequência a profilaxia deve ser feita?

O mais comum é que se realize a limpeza a cada seis meses, mas a frequência de cada caso deve ser analisada. Se houver um maior acúmulo de tártaro ou de placa bacteriana, o dentista pode aconselhar que a limpeza seja feita a cada três meses ou menos, por exemplo.

Por outro lado, em casos onde não haja tanta necessidade de intervenções, a limpeza pode ser feita uma vez por ano. Ainda assim, é bom não decidir isso por conta própria e sempre perguntar ao dentista, pois ele sabe a condição da boca.

Quais benefícios a limpeza pode trazer?

Se você ainda não está amplamente convencido sobre os benefícios da profilaxia dental, então chegou ao ponto mais aguardado desta postagem. Conheça alguns deles abaixo e veja porque você deve adotar isso agora mesmo.

Mantém os dentes livre de manchas

Vez ou outra acabamos comendo alimentos que podem manchar e escurecer os dentes. Entre eles estão o café, o vinho, o refrigerante e vários outros que fazem parte da rotina dos brasileiros.

Quando não investimos em uma limpeza eficiente, as manchas podem penetrar em camadas mais profundas dos dentes, apresentando dificuldade de remoção. Por outro lado, quem investe na profilaxia dental pode remover esses detalhes com mais facilidade, garantindo dentes brancos por mais tempo.

Protege de tártaros e placas bacterianas

A profilaxia ajuda muito nesse sentido também. Como você viu acima, uma das etapas prevê a retirada de tártaros e de placas bacterianas, uma medida que evita o aparecimento de cáries e de problemas mais sérios.

Identificação precoce de cáries

Você sabia que as podem ser tratadas com mais facilidade se forem identificadas logo no começo? A profilaxia dental também pode ajudar nesse sentido, pois assim as cáries são mapeadas e recebem o tratamento mais indicado o quanto antes.

Evita doenças gengivais

As gengivites e as periodontites são cada vez mais comuns, mas, assim como as cáries, podem ser identificadas e tratadas precocemente. Esse ponto faz com que o tratamento aconteça com ainda mais facilidade e não traga estragos maiores.

Combate o mau hálito

O mau hálito é formado por bactérias que costumeiramente estão na nossa boca, mas em uma quantidade controlada. Quando nos envolvemos com a limpeza e outras medidas profiláticas, fica ainda mais fácil controlar esse aspecto.

Quais cuidados tomar após a profilaxia dental?

Após a limpeza, é aconselhável aguardar uma hora antes de beber água ou se alimentar novamente, pois assim o flúor continua agindo por mais tempo na tarefa de fortalecer os dentes.

O procedimento realizado por um profissional é indicado tanto para pessoas com dentes naturais quanto para pessoas que utilizam próteses dentárias ou implantes.

A frequência e os métodos a serem utilizados devem ser definidos pelo dentista, mas, independentemente desse intervalo, procure o seu dentista caso perceba alguma anormalidade. Assim, é possível manter os dentes bonitos e saudáveis por um longo período de tempo.

Além disso, é importante ter em mente que a profilaxia dentária não substitui a limpeza diária feita em casa. Então, continue investindo em uma boa escovação, uso de pasta de dente e enxaguantes bucais e, para fechar, fio dental após cada refeição.

Gostou deste post? Então siga-nos nas redes sociais para saber mais sobre a importância da profilaxia dental e de outros tratamentos importantes para os dentes! Estamos no Facebook e no Instagram.

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.
CRO-GO № 6.411

 
Quiz Invisalign
Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?