Quebra dos brackets: o que fazer e o que não fazer neste caso

4 minutos para ler

Se você usa aparelho ortodôntico fixo, então é bem provável que já tenha percebido que precisa tomar certos cuidados. Além de investir em uma higienização ainda mais completa para manter a saúde bucal em dia, existem outras ações que devem ser adotadas.

A cautela para evitar a quebra dos brackets é uma delas — o que pode parecer um mero detalhe, mas ajuda muito quando o assunto é não atrasar o tratamento. Se você quer saber como agir nesse tipo de situação, então leia este post até o final e fique preparado! Mas, se não quer fios nem bráquetes na sua boca, saiba mais sobre o alinhador ortodôntico. 

CTA_Tipos-e-indicações-dos-aparelhos-dentais-invisíveis_2 (1)

O que provoca a quebra dos brackets (bráquetes)?

A quebra dos brackets pode acontecer pelas mais diversas razões. Entre os principais motivos podemos citar a prática de alguns esportes com muito contato físico e/ou força, a ingestão de alguns alimentos mais duros, um desgaste natural ou até mesmo uma deficiência de colagem do bracket.

Como as razões podem ser bem diversas, é muito importante entender que o dentista deve ser procurado o mais rápido possível. Nada mais natural, já que ele é o responsável por reparar e consertar qualquer deslocamento do bracket.

E tem mais: para não sofrer com esse desgaste é importante se atentar para a periodicidade das manutenções. Quando ela acontece nos períodos corretos, a incidência deste problema é reduzida de forma considerável.

Como evitar esta situação?

Levantamos aqui algumas atitudes que não são recomendadas para quem usa o aparelho ortodôntico. Veja algumas delas:

Evite alimentos muito duros ou pegajosos

Existem alguns alimentos que não devem ser ingeridos por quem faz uso do aparelho. Alimentos duros como pé de moleque, milho e castanhas são apenas alguns exemplos que devem ser evitados. Como você deve imaginar, eles podem provocar a quebra dos brackets sem muita dificuldade.

Além destes é bom evitar aqueles que são um pouco mais pegajosos, pois também podem se acumular entre os dentes e nos brackets — o que compromete a higienização. Como precisa colocar um pouco mais de força para a limpeza, então pode ser que eles se descolem.

Atente-se ao material usado

Os brackets metálicos são os mais comuns e resistentes, mas muitas pessoas descartam essa possibilidade por questões estéticas. A boa notícia é que ele está longe de ser a única opção. Hoje existem também os estéticos de policarbonato, de porcelana ou cerâmica. Os bráquetes de policarbonato ou policarboxilato ou “de plástico” se soltam com mais facilidade do que os metálicos e, com o tempo, ficam pigmentados.

Quiz Invisalign

Saber qual é o tipo de material usado no seu aparelho ajuda muito, pois tudo isso interfere muito no grau de retenção e probabilidade de quebra dos brackets.

Leve o uso do Invisalign® em consideração

O Invisalign® é uma excelente alternativa para quem não quer ter esse tipo de preocupação. Como é bem discreto e não conta com brackets para alinhar os dentes, então essa é uma ótima solução para quem precisa de tratamento ortodôntico.

O que fazer neste caso?

Como adiantamos, o caminho mais recomendado caso aconteça a quebra dos brackets é procurar o seu dentista. Ele conta com toda expertise para checar se está tudo certo e fazer os reparos para que ele seja colado novamente.

O ideal é que isso aconteça da forma mais rápida possível, pois assim você não compromete o tratamento. Portanto, evite conviver com essa situação por muito tempo.

Depois de entender um pouco melhor como agir em caso de quebra dos brackets, conheça melhor o Invisalign®: uma excelente opção para deixar os dentes mais bonitos.

Para se informar sobre o assunto, aproveite para ler um post explicativo. Ou clique no link e fale no meu whatsapp profissional! Até mais!

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411

CTA_Tipos-e-indicações-dos-aparelhos-dentais-invisíveis_2 (1)

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?