Raspagem gengival: 4 bons motivos para fazê-la!

4 minutos para ler

O nome raspagem gengival pode até assustar, mas é um procedimento muito tranquilo, rápido e bastante eficaz. Muitos pacientes, quando a gente sugere a raspagem na gengiva, ficam aflitos porque pensam que é uma cirurgia. Calma, pessoal! 

Esse procedimento é apenas uma limpeza que a gente faz para retirar o tártaro. Embora seja simples e realizado no próprio consultório, é muito importante e precisa ser feito a cada 6 meses. 

Quando você foi ao consultório odontológico fazer a sua raspagem gengival pela última vez? Pois bem, se tiver ido há muito tempo, separe uma hora na sua agenda para este procedimento. Continue a leitura para entender por que ela é tão importante!

1. Evitar complicações bacterianas

Se você ficar muito tempo sem fazer a retirada manual do tártaro, provavelmente terá algumas complicações bacterianas. Inclusive, se seus dentes forem tortos, essa limpeza é ainda mais importante, porque o acúmulo de sujeira se torna maior e, consequentemente, o mal hálito fica mais presente e a saúde bucal mais prejudicada. 

Quando a manutenção não é realizada durante o período sugerido pelos dentistas, o tártaro vai se acumulando lentamente nos espaços entre os dentes, até formar uma barreira difícil de ser retirada apenas com a utilização do fio dental, sem que haja a ajuda de um profissional.  

Por que deixar acumular tártaro se é tão simples retirá-lo? Imagine só, você desenvolver uma gengivite ou ter periodontite devido ao excesso de tártaro. Não faz sentido! Basta se prevenir e procurar um periodontista de confiança para fazer a sua raspagem.

2. Ter gengivas mais saudáveis

Realizada por meio de equipamentos de ultrassom e também com um aparelhinho conhecido por cureta periodontal, a raspagem gengival garante ao paciente dentes e gengivas mais saudáveis e, consequentemente, um sorriso mais bonito. Ela pode ser feita de duas maneiras diferentes. 

Quiz Invisalign

Supragengival

Esta é a limpeza mais comum, porque retira o tártaro visível nos dentes dos pacientes. O procedimento ajuda a prevenir a gengivite, já que preserva o osso em volta do dente.

Subgengival

Este procedimento é realizado quando o paciente já apresenta uma quantidade considerável de tártaro e possui uma bolsa periodontal. Quando faz a limpeza subgengival, o profissional retira cuidadosamente a sujeira que está debaixo da linha da gengiva, tratando a periodontite. 

3. Receber orientações qualificadas

Para ter bons resultados, o tratamento deve ser feito com um profissional da área. Além de ensinar a cuidar dos dentes e gengivas da melhor maneira possível, o periodontista é capacitado para realizar o tratamento com as melhores práticas da área.

Buscar o atendimento de um profissional qualificado se torna ainda mais importante quando o acúmulo de tártaro já tiver acometido a raiz do dente ou nos casos em que o paciente já tiver desenvolvido uma gengivite. Se a situação for mais séria — um processo infeccioso já estiver em andamento, por exemplo — aí mesmo que a figura do periodontista se torna fundamental. 

4. Ter um sorriso lindo

A raspagem gengival ajuda, mas para ter um sorriso lindo, é necessário cuidar dos dentes todos os dias. Visitas regulares ao dentista, consumo de alimentos com ação detergente — por exemplo, maçã, pêra, melancia e kiwi —  e uma escovação adequada, alinhada ao uso diário do fio dental, são algumas das dicas para evitar o aparecimento do tártaro e, consequentemente, de doenças associadas a ele. Seu sorriso merece esse cuidado!

Se você gostou desta publicação sobre raspagem gengival, siga a página da Odonto Condé no Facebook e acompanhe nossas atualizações e novidades sobre o setor. Estamos em constante atualização, sempre trazendo conteúdos bacanas para você! 

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411 

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?