Ronco e apneia durante a noite? Descubra as principais causas!

3 minutos para ler

Ronco e apneia são comuns em uma parcela da população, mas é necessário tomar cuidado e investigar as causas desses problemas. O ronco é causado por um estreitamento ou obstrução nas vias respiratórias que dificulta a passagem de ar, e isso faz com que sejam produzidos ruídos enquanto se está dormindo. É importante destacar que o ronco pode ser um dos sintomas da apneia.

Já a apneia do sono é quando a pessoa para de respirar por alguns segundos e depois volta. Há dois tipos do problema: a apneia obstrutiva, em que os músculos da garganta ficam relaxados e impedem a respiração adequada, e a apneia do sono central, quando o cérebro não transmite corretamente os sinais para os músculos da respiração.

Geralmente, a própria pessoa não percebe esses problemas. Portanto, entenda mais sobre ronco e apneia a seguir.

Quais as principais causas de ronco e apneia?

Existem muitos motivos que podem levar ao ronco e à apneia durante o sono. Entre eles estão a obesidade, o uso de cigarro, o desvio de septo, os músculos da garganta e da boca flácidos, as obstruções nasais (sinusite e rinite), a retrusão mandibular e outros fatores.

É importante salientar que nem sempre quem ronca tem apneia. Por isso, é importante prestar atenção aos sinais, pois a apneia também se caracteriza pelo ronco alto, falta de ar enquanto se está dormindo e sono de má qualidade, em que há uma sonolência excessiva durante o dia.

Como funciona o tratamento e o diagnóstico?

Ao notar sinais de alteração durante o sono, é essencial procurar ajuda médica. A avaliação precisa ser feita por um especialista, pois ele indicará o diagnóstico e o tratamento correto. O diagnóstico de apneia é feito a partir do histórico do paciente, do exame físico detalhado e da polissonografia.

Conversar com uma pessoa próxima também é muito importante, uma vez que quem sofre com ronco ou apneia não percebe esses problemas. Em casos mais leves, apenas controlar fatores de risco e mudar a posição de dormir são atitudes que podem ajudar. No entanto, no caso da retração mandibular, pode ser necessária uma cirurgia ortognática, por exemplo.

Quiz Invisalign

Nos casos mais graves, o uso de CPAP nasal, que melhora as crises de ronco. Portanto, para cada tipo de problema, há soluções diferentes.

Qual a importância da mudança de hábitos para a melhora dos sintomas?

Além do tratamento, outras mudanças de hábito podem ajudar a melhorar o problema. Dessa maneira, a qualidade do sono pode melhorar e os sintomas serão amenizados. Por isso, confira o que pode ser feito para ajudar na questão:

Somente as mudanças de hábitos já podem ajudar bastante a amenizar os problemas de ronco e apneia. No entanto, ainda é importante consultar profissionais para entender a origem desses males e iniciar o tratamento adequado, caso necessário. Assim, a sua qualidade de vida poderá aumentar consideravelmente.

Gostou de saber mais sobre os problemas do sono? Então, compartilhe este post com seus contatos nas redes sociais!

CDDr. Alberto dos R Condé Jr CROGO6411

Único Speaker/Professor, ao mesmo tempo, da Invisalign, Team1, Itero e Propel no Brasil

Odonto Condé / Condé Invisalign Doctor CROGO/EPAO 1587, RTCD

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?