Saburra lingual: descubra agora o que é e como você pode evitar!

3 minutos para ler

Muita gente já sabe que escovar os dentes após as refeições é uma prática fundamental para manter a higiene bucal. Contudo, essa limpeza não se deve se limitar apenas aos dentes, é necessário cuidar da boca como um todo.

Porém, nem sempre isso acontece. Muitas vezes as gengivas e a língua acabam ficando de fora dessa equação, o que é problemático e geram complicações futuras. No caso da limpeza inadequada da língua, um dos problemas mais imediatos é a saburra lingual.

Quer saber mais sobre esse mal e descobrir como evitá-lo? Então continue a leitura!

O que é a saburra lingual?

Assim como se formam placas bacterianas nos dentes que evoluem para problemas maiores se eles não forem devidamente higienizados, o mesmo acontece com a língua. Os restos alimentares, bem como células mortas do tecido da região e bactérias formam o chamado biofilme lingual. Essa substância, quando não é devidamente higienizada periodicamente, deixa a língua com aspecto esbranquiçado. Esse fenômeno é chamado de saburra lingual.

O indivíduo afetado pela saburra frequentemente apresenta um quadro de halitose, que pode evoluir para outras doenças bucais, devido à quantidade descontrolada de bactérias.

Qual é o tratamento?

Para tratar a saburra lingual, o mais importante é investir na higiene oral. Lembre-se de escovar não apenas os dentes, mas também a língua, com a própria escova ou com o limpador específico para esse fim.

Outro passo importante é investigar a causa principal do problema. Além da higienização inadequada, existem outras motivações comuns para essa condição, como:

Quiz Invisalign
  • diminuição da produção de saliva;
  • dieta desbalanceada;
  • problemas no sistema digestório;
  • desidratação;
  • uso de certos medicamentos.

Sendo assim, o mais importante é fazer uma visita ao seu dentista. Ele é o profissional mais competente para analisar o caso e indicar o melhor tratamento.

Como se prevenir?

Para se prevenir da saburra lingual, o ideal é realizar uma correta higienização bucal, escovando os dentes e a língua após cada refeição, inclusive fazendo o uso dos limpadores de língua. Passar o fio dental não é só uma sugestão, é obrigatório pelo menos uma vez ao dia. Para complementar, os enxaguantes bucais fazem um bom trabalho.

Além disso, é importante se manter hidratado e realizar visitas periódicas ao dentista. Para um adulto saudável, a frequência ideal gira em torno de 6 em 6 meses, porém, você deve conversar com o seu dentista sobre isso. Descobrir essa periodicidade é importante, pois assim é possível identificar problemas em sua fase inicial, para evitar que se tornem maiores.

Como foi possível perceber, a saburra lingual é uma espécie de placa bacteriana na região da língua, que se apresenta como uma camada branca. Ela inicialmente gera halitose, mas pode desencadear problemas mais sérios, se não for tratada. Para isso, capriche na higienização bucal e procure um profissional para lhe auxiliar no diagnóstico.

Gostou de saber mais sobre a saburra lingual? Quer receber mais dicas sobre os cuidados com a boca? Então confira agora 5 dicas essenciais para você cuidar bem da saúde bucal!

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?