Sangramento na gengiva: o que isso pode alertar?

4 minutos para ler

Uma situação que quase todo mundo já viveu: ao escovar os dentes durante a limpeza rotineira, perceber pequenos sangramentos na espuma ou ao enxaguar a boca. Embora seja assustador, muita gente acaba ignorando os sangramentos na gengiva presumindo que seja apenas um pequeno machucado ocasional.

Porém, esse pode ser um sintoma de problemas muito mais graves. Descubra no post de hoje as principais causas de sangramento na gengiva e como tratá-las!

Quais são as possíveis causas de sangramento na gengiva?

Limpeza inadequada

Colocar muita força na escovação ou usar fio dental de forma inadequada pode causar sangramentos na gengiva, uma vez que lesionam o tecido sensível da boca. Por outro lado, não escovar adequadamente ou na frequência correta também pode ser uma causa de se encontrar sangue na boca após a limpeza. Isso leva ao acúmulo de placa bacteriana, que pode propiciar o desenvolvimento de doenças e infecções mais graves.

Deficiência de vitaminas

As vitaminas C e K são muito importantes para manter a saúde do corpo todo, e a falta delas pode se manifestar por meio de sangramentos na gengiva. A deficiência da vitamina C causa o escorbuto e seu primeiro sinal se manifesta pela boca, com sangramentos constantes e, até mesmo, enfraquecimento e perda dos dentes.

Já no caso da falta da vitamina K, o que ocorre é a dificuldade em coagulação do sangue. Ou seja, no caso de mucosas mais sensíveis ou ocorrência de pequenas lesões, haverá dificuldade de parar o sangramento.

Infecções

Em casos mais comuns e também sérios, o sangramento nas gengivas é causado por gengivites, ou seja, infecções bacterianas. Se não for tratado a tempo, pode levar à doença periodontal, que é muito mais grave e pode resultar na perda dos dentes. Os sintomas de infecções bacterianas incluem secreções estranhas, afastamento das gengivas e cheiro estranho. Todo cuidado é pouco!

Próteses ou implantes com problemas

Implantes e próteses mal posicionados também são responsáveis por lesões gengivais e podem ocasionar sangramentos e até mesmo infecções. Esses incômodos podem indicar necessidade de substituição das peças ou mesmo problemas decorrentes do processo. É importante realizar acompanhamento constante dos implantes para evitar e identificar o quanto antes esses tipos de problema.

Quiz InvisalignPowered by Rock Convert

Alterações hormonais

Algumas mulheres podem apresentar sangramento na gengiva durante o ciclo menstrual ou quando sofrem alterações hormonais devido a gravidez ou menopausa. É importante fazer acompanhamento médico com um ginecologista e ortodontista para verificar se esses sangramentos são realmente ocasionados por hormônios ou se estão relacionados a outros problemas.

Como tratar sangramento na gengiva?

Se você notou sangramento durante a escovação ou após a alimentação em qualquer tempo, é importante observar se existem lesões e notar a existência de outros sintomas. Gengivas mais escuras ou claras demais, afastadas (os dentes parecem mais alongados), mau hálito e outras anomalias podem indicar problemas mais sérios.

O tratamento para sangramento na gengiva pode variar de uma simples limpeza até o uso de antibióticos ou outros medicamentos. É importante que seja realizado o quanto antes, para evitar o desenvolvimento de infecções.

A saúde bucal também é um grande indicativo de como vai a saúde de todo o corpo. Por isso, tenha atenção ao sangramento na gengiva ou qualquer sinal estranho e não pense duas vezes para consultar um bom profissional. Ele terá condições de dar o diagnóstico correto e prescrever o melhor tratamento.

Se você gostou do post e deseja receber mais conteúdos como este, assine a nossa newsletter!

 

Att, CD Dr Alberto R Condé Jr crogo6411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?