Vantagens e desvantagens dos Planos Odontológicos para o dentista e o paciente

3 minutos para ler

Você tem um plano odontológico ou está pensando em adquirir um? Se sua resposta for positiva, você está no lugar certo. Neste texto iremos abordar as vantagens e desvantagens dos planos odontológicos.

Em plena expansão no Brasil, a contratação de planos odontológicos nunca foi tão grande, porém ainda costuma gerar muitas dúvidas. Confira agora os principais pontos negativos e positivos deste tipo de plano.

Vantagens dos planos odontológicos

Tratamentos mais acessíveis

Uma das principais vantagens da contratação de um plano odontológico para o paciente é que ele torna o tratamento dentário mais acessível se o caso clínico tiver muitas indicações de procedimentos odontológicos dentro da cobertura dos planos. Porém, é necessário ficar atento, pois essa pode ser apenas uma falsa impressão, dependendo da sua realidade.

Isso porque, na maioria das vezes, os planos cobrem apenas os procedimentos mais rotineiros de limpeza e manutenção da saúde bucal. Vários procedimentos odontológicos não costumam estar incluídos. Sendo assim, cabe cada um analisar sua própria necessidade.

Incentivo a uma rotina mais saudável de visita ao dentista

Como já foi dito, muitas vezes os planos oferecem apenas os procedimentos mais rotineiros. Se por um lado eles podem ser vistos como muito limitados, por outro eles incentivam uma frequência maior de visitas ao consultório odontológico.

Uma vez que o cliente tem acesso à consultas, exames básicos e procedimentos de manutenção, ele tende a ter uma rotina maior de visitas ao dentista, em relação aos que não têm plano.

Desvantagens dos planos odontológicos

Descredenciamento de clínicas no meio do tratamento

Não é raro acontecer o descredenciamento de clínicas vinculadas ao plano odontológico, seja por vencimento de contrato ou conflito de interesses. O problema é que nesse caso o maior prejudicado acaba sendo o paciente.

Quiz Invisalign

Mesmo que o plano ofereça todo o suporte para que o paciente possa continuar o seu tratamento em outra clínica, ainda assim esse fato gera um grande inconveniente.

A nova clínica pode ser em um local mais distante, a relação de confiança paciente-dentista terá que ser reconstruída e, nesse meio tempo, o tratamento fica em pausa, o que pode atrasar sua finalização.

Exclusão de certos tipos de cobertura

A cobertura dos planos odontológicos costuma ser simples, abrangendo apenas os procedimentos mais básicos. Logo, se for necessário algum tipo de intervenção mais complexa, como um canal ou até mesmo tratamentos estéticos, esse custo será cobrado por fora.

Pagamento de outros tributos

As modalidades de planos oferecidos são muito variadas. Em alguns deles, além da mensalidade paga, você ainda precisa pagar uma parte do valor dos procedimentos realizados.

Alguns cobrem o básico e dividem o valor de tratamentos mais complexos, outros vão cobrar integralmente esse tratamento. Isso é algo muito variado, porém, é quase certo de que você pagará algum outro tributo, além da mensalidade.

Dependendo do seu histórico de saúde, pode ser mais vantajoso manter a manutenção da saúde bucal pelas clínicas particulares do que por meio de planos.

Agora que você conhece as vantagens e desvantagens dos planos odontológicos, confira mais um de nossos posts e descubra como encontrar um dentista confiável!

Att.,

CD Dr. Alberto dos R. Condé Jr.

CRO-GO 6.411

Posts relacionados

Deixe um comentário

× Gostaria de agendar uma consulta?